Para fugir das tarifas mais caras do horário de ponta, a mineradora Vale resolveu instalar um sistema de armazenamento de energia em bateria no seu terminal portuário da Ilha Guaíba, no Rio de Janeiro.  A tecnologia escolhida foi o sistema BESS (Battery Energy Storage System) da Micropower Comerc.

Com estimativa de reduzir em 20% os gastos com energia, o equipamento em instalação tem capacidade de armazenamento de 10 MWh, o suficiente para atender 45 mil residências em uma hora.  O sistema BESS é composto por baterias de íon-lítio fabricadas pela Tesla.

O projeto prevê o carregamento do sistema sempre que a demanda por energia do terminal portuário estiver baixa. Nos horários de pico de demanda, com as baterias carregadas, haverá a substituição da rede da concessionária.

Esse tipo de aplicação, substituindo o convencional sistema com geradores de diesel, promete reduzir os gastos ao mesmo tempo em que descarbonizará parte das atividades no terminal, meta de sustentabilidade da mineradora. A previsão é que parte dessa redução de custo remunere a Micropower Comerc, que será a responsável ainda pela operação do equipamento.

A Micropower Comerc é uma joint venture entre a comercializadora Comerc e a norte-americana Micropower Energy, que por sua vez tem 20% das suas ações sob controle da Siemens. Seu modelo de negócio não demanda investimento do cliente, já que a remuneração é sempre feita pela economia obtida, através do acordo de recebimento de percentual equivalente ao total economizado.

As baterias – que podem ser de qualquer fornecedor – são gerenciadas por software, têm vida útil estimada em 15 anos e o custo médio do kWh instalado é de US$ 450, com tendência de queda contínua. O foco das soluções da Micropower Comerc está na geração na ponta, na redução de demanda contratada (para ser acionada nos momentos em que a demanda ultrapassa um volume pré-determinado e suficiente para reduzir o contrato) ou ainda para back-up, para a bateria assumir o abastecimento em casos emergenciais.



Mais Notícias EM



Consumo de energia aumentou em março

Mesmo com agravamento da pandemia e maior distanciamento social, consumo foi 5,5% maior do que março do ano passado.

16/04/2021


Enel adota aplicativo para pagamento de conta de luz em SP

Distribuidora fechou parceria com a PicPay e concede créditos para primeiros consumidores que adotarem o pagamento digital.

16/04/2021


2W Energia capta recursos para erguer eólica

Financiamento da gestora Darby será para o complexo Anemus, no Rio Grande do Norte.

16/04/2021