A geradora privada SPIC Brasil e o Cepel - Centro de Pesquisas de Energia Elétrica assinaram contrato de desenvolvimento de projeto de P&D Aneel para criação de projeto conceitual de engenharia de uma planta integrada e multipropósito de hidrogênio verde (H2V) e amônia verde. O projeto é resultado de memorando de entendimento assinado em 2020 entre a SPIC Brasil, o Cepel e o instituto chinês de pesquisa SNPDRI, para troca de experiências em projetos de energia inteligente.

A iniciativa visa principalmente avaliar a economicidade de soluções de H2V para aplicações reais em diferentes condições e escalas. Com base em cerca de duas décadas de experiência em tecnologias do hidrogênio, participação em outros projetos de P&D Aneel no tema e atuação em áreas associadas, como células a combustível, armazenamento de energia, integração energética e geração fotovoltaica, o Cepel vai liderar o projeto.

O projeto de P&D terá duração de 18 meses, a contar do primeiro dia de abril, e será desenvolvido em seis etapas, englobando fundamentação e contextualização; concepção de engenharia e modelagem básica da planta; análise de cadeias de insumos e produtos da planta; estudos de avaliação técnica e econômica e de integração material e energética; modelagem avançada, análises de otimização e gerenciamento da planta; e desenvolvimentos e simulações com EMS.

A SPIC Brasil poderá utilizar o conhecimento produzido pela pesquisa para desenvolver e refinar projetos da empresa que envolvem H2V, para atendimento de demandas futuras e criação de oportunidades de mercado. “Analisamos várias alternativas para esse projeto. O caminho que definimos com o Cepel é resultado da convergência de interesses e de resultados, mas que também aposta na originalidade e no desenvolvimento de novas tecnologias”, avalia Adriana Waltrick, CEO da SPIC Brasil.



Mais Notícias EM



Webinar EM debaterá aterramento IT na indústria

Foco do evento será a discussão sobre segurança e confiabilidade

01/07/2022


ABB inaugura fábrica de carregadores rápidos na Itália

Unidade na Toscana tem capacidade para produzir um carregador para carros elétricos a cada 20 minutos.

01/07/2022


Eletrotec EM-Power terá minicursos de instalações BT/MT e solares

Usinas fotovoltaicas, aterramento e carregadores de veículos elétricos são alguns dos temas. Evento em São Paulo terá também conferência sobre evolução normativa na área elétrica.

01/07/2022