A Eletrobras, por meio do Procel - Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica, lançou, em parceria com a Firjan Senai - Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial - Regional Rio de Janeiro, o Programa Lab Procel, que tem o objetivo de desenvolver soluções inovadoras em eficiência energética, estruturar negócios e disponibilizar produtos e soluções para a sociedade. A partir de uma série de quatro chamadas públicas, a iniciativa visa fomentar e intermediar oportunidades para o desenvolvimento de projetos de inovação tecnológica junto a startups, micro e pequenas empresas. Serão destinados, no total, cerca de R$ 16,67 milhões, dos quais aproximadamente 90% serão cedidos pelo Procel. “O uso eficiente da energia tem reflexos positivos tanto na redução de custos quanto na diminuição de emissão de gases de efeito estufa e na preservação de recursos naturais”, observa o gerente do Procel, Marcel Siqueira. “Para empresas de base tecnológica, o desenvolvimento de novas soluções para o mercado, que contribuam para maior eficiência energética, representa um importante nicho para inovações de alto impacto, capazes de potencializar a geração de novas riquezas e empregos”, completa.

Instalado na unidade do Instituto Senai de Tecnologia, Automação e Simulação, localizado no bairro de Benfica, no Rio de Janeiro, RJ, o Lab Procel vai oferecer para as empresas selecionadas infraestrutura física para aceleração, assessoria consultiva, mentorias e capacitações de apoio à inovação, bem como auxílio na articulação de parcerias com empresas, instituições e organizações privadas e públicas para o desenvolvimento tecnológico e a inserção das soluções no mercado.

A primeira chamada pública, cujas inscrições foram abertas em 27 de abril e prevê investimentos de R$ 6 milhões, tem como foco a aceleração de soluções e tecnologias de eficiência energética voltadas ao saneamento ambiental, que possam ser aplicadas em empresas que atuam no abastecimento de água, esgotamento sanitário, tratamento de esgoto, limpeza urbana e manejo de resíduos sólidos resíduos sólidos. O objetivo é selecionar startups e/ou micro/pequenas empresas que desenvolvam equipamentos, dispositivos, hardwares ou plataformas associadas a hardwares e softwares, e/ou unidades piloto, que sejam escaláveis e tenham boa relação custo-benefício de implantação, operação e manutenção.

Devido ao impedimento da realização de eventos presenciais, em função da pandemia da covid- 19, a Eletrobras/Procel e a Firjan Senai optaram por manter o cronograma definido no convênio e realizar o lançamento e a divulgação da 1° Chamada Pública através da internet. Caso necessário, etapas do processo de seleção também serão executadas por meio de videoconferência.

No site da Eletrobras, há uma página dedicada ao Programa Lab Procel (https://eletrobras.com/pt/Paginas/LabProcel.aspx), onde está disponível o edital da primeira chamada.



Mais Notícias EM



Novo disjuntor de estado sólido é aprovado pela UL nos EUA

Empresa consolida segunda geração de seu disjuntor totalmente digital e faz investida pesada no mercado de mobilidade elétrica. Dispositivo pode ser até 3000 vezes mais rápido que os termomagnéticos.

03/07/2020


Conta COVID: lista dos bancos participantes chega à CCEE

Câmara aguarda declarações das distribuidoras interessadas em aderir à medida. Primeiros repasses devem ocorrer ainda este mês.

03/07/2020


Belo Horizonte já modernizou 95% de sua iluminação pública

Empresa parceira da PPP com a prefeitura pretende concluir a instalação de luminárias LED em 100% dos pontos de luz até outubro. Sistema conta com telegestão e telemedição. Contrato de operação é de 20 anos.

03/07/2020