O grupo português de energia EDP lançou duas unidades globais de negócios para explorar duas grandes tendências energéticas globais: o hidrogênio verde e os sistemas de armazenamento de energia. A H2 Business Unit (H2BU) será o novo braço do grupo para desenvolver projetos de H2 verde, e a EDPR NA será a unidade que terá a meta de atingir a capacidade de 1 GW em armazenamento de energia no período de cinco anos.

Com a H2BU, a EDP mira a integração do hidrogênio verde em seu portfólio, promovendo o investimento nas renováveis que permitem a produção do gás verde. A unidade de negócios será liderada pela executiva Ana Quelhas, até então diretora de planeamento energético.

Segundo comunicado da empresa, a H2BU tem foco no desenvolvimento de oportunidades de hidrogênio verde junto a setores promissores, como a indústria do aço, química, refinarias e cimentos, e em transportes pesados de longo curso. Os mercados prioritários serão os Estados Unidos e a Europa, aproveitando o pipeline de renováveis e ativos existentes e complementando as soluções de descarbonização.

Já a unidade de armazenamento de energia, a EDPR, se dedicará ao desenvolvimento de tecnologias. A sua base estará associada à operação da subsidiária nos Estados Unidos. A criação desta unidade dá corpo ao plano que a empresa tem naquele país, denominado Re-charge, cujo objetivo é alcançar 1 GW em projetos de armazenamento de energia até 2026.

O compromisso da EDPR com a tecnologia de armazenamento de energia foi reforçado com a inauguração, em 2018, de uma instalação de estoque de energia eólica em baterias no parque de Cobadin, na Romênia. Já em 2019, a divisão lançou um sistema de baterias associado a um parque solar, também na Romênia, tendo ainda anunciado o desenvolvimento do projeto solar Sonrisa, no estado da Califórnia, nos Estados Unidos, correspondendo a um PPA de 200 MW e armazenamento de energia de 40 MW.



Mais Notícias EM



Consumo de energia aumentou em março

Mesmo com agravamento da pandemia e maior distanciamento social, consumo foi 5,5% maior do que março do ano passado.

16/04/2021


Enel adota aplicativo para pagamento de conta de luz em SP

Distribuidora fechou parceria com a PicPay e concede créditos para primeiros consumidores que adotarem o pagamento digital.

16/04/2021


2W Energia capta recursos para erguer eólica

Financiamento da gestora Darby será para o complexo Anemus, no Rio Grande do Norte.

16/04/2021