A área de eficiência energética, energia solar e mobilidade elétrica da EDP Brasil, a EDP Smart, entregou para a produtora de chocolate Barry Callebaut, de Itabuna, na Bahia, um sistema geração de vapor a partir da queima da biomassa proveniente da casca do cacau processado pela empresa. O vapor será empregado na indústria para aquecimento no processo.

Com investimento de R$ 15,5 milhões, e obras realizadas desde o fim de 2019 e concluídas recentemente, totalizando 14 meses, a central contempla uma planta de geração de vapor com base em caldeira a biomassa e outra de reserva movida a gás natural, a ser utilizada durante os períodos de manutenção da primeira.

A central térmica tem capacidade de gerar 8 toneladas por hora de vapor, equivalente a 5 MW térmicas de energia. Além de ter investido e implantado o projeto, a EDP será encarregada pela operação e manutenção, recebendo pela venda do vapor, em valores fixos mensais por um período de dez anos. Além da biomassa do cacau, a caldeira pode ser alimentada por cavaco de madeira. A fabricante de chocolate conta com central própria de geração de energia.



Mais Notícias EM



Consumo de energia aumentou em março

Mesmo com agravamento da pandemia e maior distanciamento social, consumo foi 5,5% maior do que março do ano passado.

16/04/2021


Enel adota aplicativo para pagamento de conta de luz em SP

Distribuidora fechou parceria com a PicPay e concede créditos para primeiros consumidores que adotarem o pagamento digital.

16/04/2021


2W Energia capta recursos para erguer eólica

Financiamento da gestora Darby será para o complexo Anemus, no Rio Grande do Norte.

16/04/2021