A Neoenergia, da espanhola Iberdrola, desenvolveu equipamentos no Brasil    para automatizar o monitoramento hidrológico de barragens e rios nas áreas onde estão localizadas as suas usinas hidrelétricas. Por meio de um projeto de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D Aneel) iniciado em 2017, foram criadas duas embarcações com equipamentos para medir vazão e sedimentação, além de promover análise da qualidade da água de forma automatizada.

Com meta de criar tecnologia até dez vezes mais barata do que as importadas hoje utilizadas no País, os estudos vão gerar soluções para a previsão do volume e das condições da água que chegará aos reservatórios das hidrelétricas, o que influencia no aproveitamento dos recursos para geração de energia.

Segundo a Neoenergia, os novos equipamentos permitem a melhoria contínua da qualidade do trabalho de monitoramento hidrológico. Além disso, com a automação, há aumento da segurança dos colaboradores, que não precisam entrar nos rios para executar as medições com a máxima confiabilidade.

Em parceria com a Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) e outras instituições, a embarcação inclui, além dos equipamentos de medição da vazão e da qualidade da água, um microscópio que permite a análise da maior parte das partículas presentes na água, reduzindo a necessidade de avaliações em laboratório. Outra embarcação para avaliar o transporte de sedimentos nos rios foi produzida junto ao Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores, Tecnologia e Ciência (Inesc TEC), de Portugal.

Os três produtos serão utilizados nas medições de campo feitas trimestralmente. Os protótipos serão testados em 2021 na Usina Hidrelétrica de Itapebi, no rio Jequitinhonha, entre Minas Gerais e Bahia. Em seguida, poderão ser utilizados nos demais ativos de geração hídrica da companhia – Baguari, Baixo Iguaçu, Belo Monte, Corumbá, Dardanelos e Teles Pires.



Mais Notícias EM



Consumo de energia aumentou em março

Mesmo com agravamento da pandemia e maior distanciamento social, consumo foi 5,5% maior do que março do ano passado.

16/04/2021


Enel adota aplicativo para pagamento de conta de luz em SP

Distribuidora fechou parceria com a PicPay e concede créditos para primeiros consumidores que adotarem o pagamento digital.

16/04/2021


2W Energia capta recursos para erguer eólica

Financiamento da gestora Darby será para o complexo Anemus, no Rio Grande do Norte.

16/04/2021