O grupo EDF prorrogou até o dia 29 de janeiro o prazo de inscrição para a 2ª Edição do Prêmio EDF Pulse Brasil, que visa reconhecer projetos inovadores de pequenas empresas e startups nacionais que contribuam para os desafios das cidades e indústrias. Serão dois prêmios de R$ 20 mil, um para cada categoria: Smart City, para soluções para as cidades, e Smart Factory, para as indústrias.

Faz parte da premiação também que cada vencedor apresente a sua iniciativa às equipes da EDF Pulse Croissance, o fundo de investimento e incubadora do Grupo EDF. Além disso, caso a inovação seja de interesse das empresas do grupo no Brasil, haverá a possibilidade de realizar uma parceria para o desenvolvimento do projeto. A cerimônia de premiação será realizada em evento 100% digital, no mês de março de 2021.

Na categoria Smart City, as inovações precisam promover transformações de cidades e territórios para enfrentar desafios demográficos e ambientais. Já na Smart Factory, as iniciativas devem acelerar a convergência entre meios e processos industriais e tecnologias digitais para maior eficiência e novos ganhos na otimização do consumo.

O grupo francês EDF promove o Prêmio Pulse desde 2014, com edições na França, Itália, Índia, Reino Unido e África. No Brasil, o prêmio é resultado da parceria entre as principais empresas do grupo no País: Citelum, EDF Norte Fluminense, EDF Renewables e Framatome.

O prêmio é aberto a pequenas empresas e startups domiciliadas no Brasil e compostas por no máximo 30 colaboradores, que podem ter sociedade com empresas de até 500 pessoas. As inscrições devem ser feitas no link https://www.edf.fr/pulse-brasil.



Mais Notícias EM



Consumo de energia aumentou em março

Mesmo com agravamento da pandemia e maior distanciamento social, consumo foi 5,5% maior do que março do ano passado.

16/04/2021


Enel adota aplicativo para pagamento de conta de luz em SP

Distribuidora fechou parceria com a PicPay e concede créditos para primeiros consumidores que adotarem o pagamento digital.

16/04/2021


2W Energia capta recursos para erguer eólica

Financiamento da gestora Darby será para o complexo Anemus, no Rio Grande do Norte.

16/04/2021