O grupo EDF abriu inscrições para a 2ª Edição do Prêmio EDF Pulse Brasil, que visa reconhecer projetos inovadores de empresas e startups nacionais. Serão dois prêmios de R$ 20 mil, um para cada categoria: o Smart City, para projetos com benefícios a cidades, e o Smart Factory, com ações inovadoras para indústrias.

Estão habilitadas a concorrer pequenas empresas instaladas no Brasil e compostas por no máximo 30 colaboradores, que podem ter sociedade com empresas de até 500 pessoas. Para ser elegível, o projeto precisa estar em nível avançado de desenvolvimento, com um protótipo da tecnologia, já comercializado ou estar em fase de pré-marketing.

Os projetos serão avaliados por júri de especialistas e executivos do grupo EDF, que levarão em conta a qualidade e robustez da solução, o impacto e progresso para a sociedade, a sustentabilidade do modelo do negócio e as qualidades da equipe envolvida (visão, complementaridade, experiências, habilidades).

Os vencedores poderão ainda apresentar a iniciativa às equipes da EDF Pulse Croissance, um fundo de investimento e incubadora da EDF que poderá financiar as tecnologias e a gestão da empresa. Além disso, caso alguma inovação seja de interesse das empresas da EDF no Brasil, haverá a possibilidade da realizar uma parceria para o desenvolvimento do projeto.

Está programado para amanhã, 10 de novembro, um webinar para apresentação do prêmio e esclarecimento de eventuais dúvidas, disponível no link http://www.youtube.com/watch?v=bfNLhP9mmI8. Já as inscrições vão até 8 de janeiro de 2021 pelo site http://www.edf.fr/pulse-brasil.



Mais Notícias EM



Consumo de energia aumentou em março

Mesmo com agravamento da pandemia e maior distanciamento social, consumo foi 5,5% maior do que março do ano passado.

16/04/2021


Enel adota aplicativo para pagamento de conta de luz em SP

Distribuidora fechou parceria com a PicPay e concede créditos para primeiros consumidores que adotarem o pagamento digital.

16/04/2021


2W Energia capta recursos para erguer eólica

Financiamento da gestora Darby será para o complexo Anemus, no Rio Grande do Norte.

16/04/2021