A Copel colocou em operação em Sarandi, no Paraná, uma usina solar fotovoltaica com potência instalada de 6,7 MWp. O empreendimento faz parte de uma nova unidade de negócios do grupo de energia, a Copel Solar, voltada para a geração solar distribuída compartilhada.

A geração prevista de 13,7 GWh por ano vai gerar créditos para cerca de 200 clientes, segundo comunicado da Copel. O modelo de negócios será baseado na assinatura de contrato para uso dos créditos, que devem garantir economia de até 15% na fatura de energia dos clientes, em comparação com os valores do mercado cativo, aliás atendido pela própria Copel.

A usina de Sarandi, município ao lado de Maringá, tem 9.720 módulos solares fotovoltaicos que ocupam uma área de 11 hectares. A instalação conta ainda com 90 rastreadores solares para otimizar a geração de energia. “A entrada em operação da usina contribui para expandir nossos negócios e ampliar nossa atuação no mercado de geração distribuída de matriz fotovoltaica”, disse o diretor de desenvolvimento de negócios da Copel, Cassio Santana da Silva.

A Copel Solar, segundo comunicado, é uma alternativa para clientes comerciais em baixa tensão, do grupo B, que tenham conta mensal superior a R$ 400,00. O serviço foi lançado no fim de 2023. Os interessados podem realizar simulações de economia no portal da empresa e, caso optem pela adesão, a inscrição é totalmente digital no website https://www.copel.com/site/copel-solar/.



Mais Notícias FOTOVOLT



BNDES libera financiamento para complexo solar Irecê 1

Com 161 MWp de potência instalada, UFV demanda investimento total de R$ 530 milhões.

19/07/2024


Neoenergia vai instalar solar e implantar LED nas Forças Armadas

Serão dez usinas solares com 2,1 MW no total e 3,6 mil lâmpadas trocadas.

19/07/2024


Solfácil capta CRIs para financiar GD solar

São R$ 750 milhões em certificados de recebíveis imobiliários, voltados para 22 mil projetos.

19/07/2024