A startup Lemon Energia, em parceria com a Z-Tech, hub de tecnologia da indústria de bebidas Ambev, vai passar a oferecer a possibilidade de adesão à geração solar distribuída a mais de 95 mil bares e restaurantes de Minas Gerais. Já no mercado mineiro desde 2020, com a nova parceria a Lemon atenderá a estabelecimentos comerciais de 743 municípios no estado que, no total, têm potencial de economia R$ 7,6 milhões/ano.

Por meio de plataforma digital, a startup disponibiliza uma oferta de energia de 23 MW, contratadas com três fazendas solares de Minas Gerais conectadas na rede da Cemig. A Lemon coordena toda a contratação de cotas de geração, a entrega e faz a mediação entre o cliente final, o gerador e a distribuidora. Segundo a empresa, em média os consumidores economizam até duas contas de energia ao ano com a barata geração solar.

Com 15 meses de operação, a startup afirma já ter economizado mais de R$ 1 milhão nas contas de luz dos clientes, sendo R$ 870 mil apenas em Minas Gerais. Com mais de 1500 clientes no Brasil, atuando também no Distrito Federal, Pernambuco e São Paulo, a Lemon tem plano de triplicar sua operação, expandindo a atuação para 17 estados até o fim de 2022.



Mais Notícias FOTOVOLT



Congresso aprova em dois dias o marco legal da geração distribuída

Nova lei, que pode ser sancionada pelo presidente da República antes do final do ano, deve impulsionar o crescimento do mercado de GD fotovoltaica no primeiro ano.

17/12/2021


Usina solar financiada com moeda digital começa as ser construída

Lançado em 15 de dezembro, projeto é o primeiro de uma série de usinas de 1 MW viabilizadas por meio de taxas de transação de moeda digital.

17/12/2021


AES lança robô pioneiro para acelerar construção de usinas solares

Empresa apresenta nos EUA o Atlas, que incorpora inteligência artificial e realiza instalação automática de módulos solares, agilizando programas de construção.

17/12/2021