A sueca Scania está desenvolvendo um caminhão híbrido elétrico plug-in alimentado por caçamba com 18 metros de comprimento revestida de células solares. O caminhão será operado pela transportadora Ernst Express e está sendo testado na Suécia, onde já demonstrou economia potencial de combustível de até 10%.

Além de cobrir as áreas laterais da caçamba, as células também cobrem o teto desta, resultando em uma área revestida de 140 metros quadrados. No total, a estimativa é de que as células gerem 14 MWh por ano.

O projeto de pesquisa também examinará se a caçamba pode gerar eletricidade para a rede de energia quando as baterias estiverem totalmente carregadas e o caminhão estacionado ou parado por um fim de semana. Na Suécia, há luz solar suficiente da primavera ao outono para a geração e, embora o sol seja fraco, exceto durante o verão, há horas adequadas para a viabilidade do projeto. Já durante o inverno, o caminhão não teria energia solar suficiente. Em países com mais radiação solar, como Espanha, os técnicos concluíram que a economia de combustível chega a ser duas vezes maior.

O projeto da Scania é financiado pela agência de inovação do governo sueco. Além do envolvimento da transportadora, também a empresa Midsummer entra na pesquisa com o desenvolvimento dos painéis solares. Além disso, a Universidade de Uppsala e a empresa Dalakraft são parceiras do projeto.




Mais Notícias FOTOVOLT



Atlas obtém crédito do BID para usina solar na Bahia

O projeto Jacarandá, em Juazeiro, de 187 MWp instalados, tem PPA assinado com a indústria química Dow.

29/10/2020


Armazenamento de energia verde, eficiente e mais barato

Químicos de universidade alemã desenvolvem eletrólito polimérico ambientalmente seguro para baterias de fluxo redox.

29/10/2020


BNDES libera R$ 1,1 bilhão para dois complexos solares

Os projetos Sol do Sertão, na Bahia, e Araxá 1 e 2, em Minas Gerais, vão agregar 505 MW ao sistema.

29/10/2020