A Enel Brasil anunciou que vai destinar R$ 30 milhões para financiar a implementação de 23 projetos selecionados da sua chamada pública de projetos de eficiência energética (CPP) referente a 2021. O resultado da edição do CPP 2021 foi divulgado pela companhia e pode ser consultado no site https://enel.chamadapublica.com.br.

Financiados com recursos do Programa de Eficiência Energética (PEE) da Aneel, os projetos selecionados promovem consumo eficiente e têm o objetivo de reduzir o valor da conta de luz nos estados de São Paulo, Goiás, Rio de Janeiro e Ceará, atendidos pelas distribuidoras da Enel.

Selecionados por uma análise que levou em conta, entre outros pontos, a inovação tecnológica, a economia total no consumo de energia esperada por conta dos projetos é de cerca de 19 mil MWh/ano, o equivalente ao abastecimento mensal de aproximadamente nove mil famílias pelo período de um ano.  Ao todo, 96 projetos foram inscritos na CPP 2021, todos eles clientes da distribuidora dos segmentos de comércio e serviços, residencial, industrial, rural, serviço público e poder público.

Dos 23 projetos aprovados, oito estão relacionados à eficientização de prédios públicos, oito de clientes comerciais e sete de iluminação pública. Dentre as iniciativas, destacam-se projeto de iluminação pública dos municípios de Santo André e Juquitiba, que fazem parte da área de concessão em São Paulo. Também foram selecionados projetos no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP, na Polícia Federal de SP e no Hospital Israelita Albert Einstein. A execução dos projetos em São Paulo demandará investimento total de R$ 21 milhões, com economia esperada de 13 mil MWh/ano.

Em Goiás, haverá quatro projetos com investimento de R$ 4,5 milhões; no Ceará mais R$ 1,4 milhão em projetos de eficiência energética no setor público (hospital, instituto cultural e iluminação pública). Já na área da Enel Distribuição Rio serão destinados R$ 2,3 milhões em projetos de iluminação pública dos municípios de Areal e Teresópolis, além de iluminação e climatização no Tribunal de Justiça de Niterói e em sistemas motrizes na concessionária de água Prolagos, em Araruama.



Mais Notícias EM



Webinar de FotoVolt-EM ensina a “curar” usinas fotovoltaicas

As patologias das instalações solares FV e como saná-las serão assunto de três especialistas na próxima quinta-feira.

27/05/2022


UFSM e CPFL inauguram laboratório de arcos elétricos

Ideia é simular situações reais para estudar efeitos da exposição e medidas preventivas.

27/05/2022


Senai e CTG lançam chamada para P&D de armazenamento de energia

Programa tem R$ 24 milhões para financiar projetos de armazenamento em grande escala.

27/05/2022