O risco de racionamento neste ano está cada vez mais distante por conta da ocorrência das chuvas antes do esperado. A melhoria levou até o CMSE - Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico a suspender o recebimento de ofertas do programa de Resposta Voluntária da Demanda (RVD), que tinha finalidade de reduzir a demanda de potência de grandes consumidores.

O cenário foi comprovado por estudos do ONS apresentados na reunião de novembro do CMSE. Segundo o operador, os dados de novembro indicam melhoria nas afluências das regiões Sudeste/Centro-Oeste, Sul e Norte do Brasil, influenciadas pelo início da transição para o período chuvoso no tempo correto, em outubro, ao contrário de 2020, quando as chuvas começaram em dezembro.

Segundo o ONS, as bacias hidrográficas dos três subsistemas apresentaram aumento do volume de água estocada, por conta da chuva antecipada, com exceção das bacias dos rios Tietê, Paranaíba e Tocantins. Até o fim de novembro, a expectativa é a de que a energia armazenada no SIN seja de 25,4% do valor máximo armazenável.

As perspectivas de energia natural afluente (ENA) para novembro e dezembro registraram aumento no SIN de 11.385 MWmédios em relação ao cenário previsto na última reunião do CMSE, em outubro. A avaliação das condições de atendimento até maio de 2022 indicou que, para o cenário de precipitação 2020/2021, o armazenamento do subsistema Sudeste/Centro-Oeste em abril de 2022 deverá estar em 38,4% do máximo armazenável, representando 3,7% acima do nível verificado em 30 de abril de 2021. Este resultado é 7,7% superior à projeção apresentada na reunião do CMSE de outubro.



Mais Notícias EM



Acciona compra projetos eólicos no Brasil

Grupo espanhol vai investir R$ 5 bilhões em dois parques na Bahia

03/12/2021


Aneel aprova regulamentação de usinas híbridas

Normativa vai permitir complementaridade das fontes com uso de mesmo contrato de uso do sistema de transmissão

03/12/2021


Carga de energia deve crescer 3,4% ao ano até 2026

Projeção conta com ambiente de estabilidade econômica depois de 2022

03/12/2021