A DHL lançou o Next-Generation Wireless in Logistics, um estudo que oferece uma visão abrangente sobre a evolução das redes sem fio e o futuro da IoT - Internet das Coisas no setor de logística. O relatório resume as perspectivas do setor de logística e os números mais recentes, abrindo caminho para um entendimento comum das diferentes tecnologias sem fio, apresentando exemplos e prevendo possibilidades futuras para as redes sem fio de última geração.

Mesmo antes da atual crise da Covid-19, as tecnologias de comunicação sem fio já ocupavam destaque nas manchetes em todo o mundo. Grande parte do interesse recente se concentrou nas redes de dados móveis 5G, que já estão sendo implementadas em muitos países. O 5G promete uma série de benefícios que se estenderão para usuários finais, empresas e operadores de sistemas de telecomunicações, tais como velocidades mais altas, maior capacidade de operação e serviços personalizados para uma nova geração de dispositivos inteligentes conectados.
Além do 5G, os avanços em uma ampla variedade de tecnologias de comunicação sem fio estão criando novas oportunidades para o setor de logística aprimorar os níveis de visibilidade, aumentar a eficiência operacional e acelerar a automação. Tecnologias amplamente conhecidas, como o Wi-Fi e o Bluetooth, e tecnologias menos conhecidas, como as redes de longa distância de baixa potência (LPWAN) e os satélites de baixa órbita terrestre (LEO), foram aprimoradas para uso industrial. Essas tecnologias sem fio de última geração viabilizarão uma nova etapa na revolução da comunicação, rumo a um novo mundo em que todas as pessoas, coisas e lugares poderão se conectar.

Em uma pesquisa recente com 800 líderes de Supply Chain, realizada pela DHL, 60% dos entrevistados afirmaram que a visibilidade deles sobre a cadeia de suprimentos no momento é insuficiente. Os três principais desafios para os entrevistados são: alcançar uma verdadeira visibilidade de ponta a ponta; a falta de uma única plataforma centralizada para impulsionar as iniciativas de IoT; e a coleta fragmentada de dados de cadeias de suprimentos inerentemente heterogêneas. As três principais prioridades identificadas para moldar as estratégias nesta área são visibilidade de ponta a ponta sobre o transporte, visibilidade sobre o estoque e a implementação de soluções analíticas sobre os dados de supply chain. 75% dos entrevistados afirmaram que pretendem implementar pelo menos uma tecnologia de rede sem fio de última geração no futuro próximo para cumprir suas metas de visibilidade.

“A conectividade em larga escala é um extraordinário caso de sucesso tecnológico e social. Embora a IoT não seja uma novidade no setor de logística (uma vez que já existem 20 bilhões de dispositivos conectados em uso em todo o mundo nesse segmento), essa história ainda está apenas no começo. Uma infinidade de tecnologias rentáveis e cada vez mais onipresentes estão avançando simultaneamente a um ritmo bastante rápido. Atualmente elas estão se tornando mais acessíveis, o que abre inúmeras novas oportunidades para o desenvolvimento de aplicativos e casos de uso a uma velocidade sem precedentes", explica Matthias Heutger, vice-presidente sênior de Inovação e Desenvolvimento Comercial da DHL.

As redes sem fio de última geração compõem um amplo portfólio de tecnologias que promete alcançar esses objetivos diversos e, muitas vezes, concorrentes. O estudo da DHL inclui uma seção especializada sobre como funcionam as tecnologias sem fio mais recentes, além de destacar alguns projetos inovadores em andamento no setor e fornecer diretrizes de implementação para as organizações de supply chain. O estudo completo está disponível gratuitamente para download em http://www.dhl.com/next-gen-wireless-logistics.



Mais Notícias RTI



ALLREDE compra mais cinco provedores no Centro-Oeste

Empresa alcança 152 mil clientes.

06/12/2021


OneX Data Centers do Brasil inaugura data center no Vale do Aço mineiro

Objetivo é prover serviços de nuvem.

06/12/2021


IProject apresenta dois novos produtos na ABRINT 2021

Com soluções inovadoras, a iProject TI chega à ABRINT com grandes novidades.

06/12/2021