A UFCA - Universidade Federal do Cariri lançou, no dia 5 de abril, o PTT - Ponto de Troca de Tráfego Cariri Lourival Santana, que será instalado no bloco A do campus Juazeiro do Norte, CE.

Acredita-se que, até junho de 2024, todo o projeto esteja concluído e em pleno funcionamento, proporcionando maior conectividade e proximidade entre os servidores de conteúdo, como Google, Netflix, Globoplay, entre outros, e os usuários de Internet.

O Cariri, no sul do Ceará, a cerca de 600 km de distância de Fortaleza, dispõe de 35 AS - Sistemas Autônomos. O novo PTT conectará, inicialmente, os AS presentes na região. Espera-se que sua implantação resolva o atraso na troca de informações e possibilite que servidores em outros estados (como Paraíba, Pernambuco e Piauí) também sejam positivamente impactados. Uma outra vantagem é a redução de custos para todos os que hoje precisam pagar para alcançar o IX-Fortaleza ou IX-São Paulo.

Em dezembro de 2022, o Programa Eficiência da Universidade Federal do Cariri, coordenado pelo professor Roberto Ramos, estudava a criação de um Ponto de Troca de Tráfego para a região, e antes do início da elaboração do plano de trabalho do PTT-Cariri, o projeto foi apresentado para um grupo de provedores de Internet da região do Cariri, liderado por Marília Correa Amaro e Priscila Correa Amaro Porto, proprietárias da Iknet, de Barbalha, CE, e Elgton Lucena, proprietário da Link Cariri, com sede em Juazeiro do Norte, integrantes do comitê gestor do PTT Cariri.

Depois disso, foi criado um Grupo Técnico de Trabalho, que incluiu representantes da Reitoria da UFCA, de professores do Curso de Ciência da Computação, técnicos da Diretoria de Tecnologia da Informação (DTI/UFCA) e do Centro Regional de Inovação e Empreendedorismo (Crie), além dos provedores que atuam no Cariri.

O projeto PTT Cariri, iniciado em janeiro de 2023, teve apoio da emenda do deputado estadual Fernando Santana (PT), de R$ 250 mil, usado para a implementação da infraestrutura física e compra de equipamentos que ficarão instalados no data center da UFCA. Em homenagem, o projeto recebeu o nome do avô do parlamentar, Lourival Santana.
Marília Amaro, da Iknet, destacou a importância do projeto. “Para a Internet funcionar de maneira eficiente, é necessário estar conectado aos servidores de conteúdo. No entanto, muitos desses servidores não estão fisicamente próximos dos usuários no Cariri, o que pode resultar em uma conexão de baixa qualidade devido à distância. O PTT Cariri resolverá esse problema, aproximando esses servidores de conteúdo dos usuários, o que resultará em uma Internet de maior qualidade e uma experiência aprimorada para todos”.

Além disso, a existência do PTT Cariri é de grande importância para a região, pois atualmente a conectividade depende principalmente das fibras do cinturão digital, e qualquer problema nessas fibras poderia deixar o Cariri desconectado. “Com o PTT Cariri, mesmo em situações em que a conexão tradicional seja interrompida, os usuários locais continuarão conectados, o que beneficia toda a sociedade, especialmente aquelas famílias que dependem da Internet para a educação e trabalho remoto. Por isso convidamos todos os provedores da região a se unirem a essa iniciativa para melhorar a conectividade na região e tornar o Projeto PTT Cariri um grande sucesso”, disse.

Para Thiago Bessa, professor do Centro de Ciências e Tecnologia (CCT/UFCA), os provedores são parceiros fundamentais. “Eles vão conectar suas fibras ópticas ao PTT e então promover o tráfego, além de manter financeiramente as pesquisas científicas que serão ali desenvolvidas com bolsas para os alunos e pesquisadores, além de manter a manutenção e atualização dos equipamentos”, destacou.

Atualmente o projeto tem apoio do Governo do Estado do Ceará, por meio da Secretaria da Ciência, Tecnologia e Educação Superior (Secitece); da Prefeitura de Barbalha; e da Fundação de Apoio a Serviços Técnicos, Ensino e Fomento a Pesquisas (Astef). Os parceiros do projeto também contribuirão com um valor mensal para manter a infraestrutura necessária funcionando. Espera-se ainda que a iniciativa possa ser replicada por outras universidades do país, por meio de termos de cooperação técnica e transferência de conhecimento, apoiados pelo Núcleo de Inovação Tecnológica (NIT) – vinculado à Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação (PRPI/UFCA).

Foto: Da esquerda para a direita, Priscila Porto, da Iknet, Deputado Fernando Santana (PT) e Marilia Amaro, da Iknet



Mais Notícias RTI



Encontro Nacional Abrint chega à 15ª edição

Evento acontece entre os dias 12 e 14 de junho em São Paulo.

27/05/2024


Reivindicações das associações de provedores na audiência com o Ministro Juscelino Filho

Entidades reinvidicam apoio à reconstrução das redes afetadas pelas cheias.

27/05/2024


Reconstrução de redes de fibra óptica no RS pode levar de seis meses a um ano, preveem especialistas

Em muitos casos, pode ser necessária a reestruturação da infraestrutura de rede desde o início.

27/05/2024