As sedes administrativas da Cogna Educação, uma das principais organizações educacionais do mundo, estão entre os primeiros centros corporativos do país a adotar o Wi-Fi 6 (802.11AX), a nova geração de redes sem fio.

No novo escritório da Avenida Paulista, em São Paulo, a Cogna implantou pontos de acesso da Aruba nos oito andares, sendo que em seis deles a rede é 100% sem fio. “Além da redução de custos com cabeamento, a performance é superior na comparação com a rede cabeada”, explica Antenor Nogara, country manager da Aruba. Enquanto na rede com fio a velocidade de conexão, na melhor hipótese, chega a 1 Gbit/s, o Wi-Fi 6 pode ser até dez vezes mais rápido.

O Wi-Fi conecta 1000 usuários em média na capital paulista. “Com a mudança, praticamente acabaram as chamadas para o suporte por problemas de conexão”, conta Hélio Barbosa da Silva, coordenador de projetos de infraestrutura de TI da Cogna. A mesma solução foi adotada em Valinhos, SP, conectando os usuários nas áreas interna e externa, como espaços de convivência e quadra esportiva.

Os APs foram integrados ao ClearPass, ferramenta de gestão de acesso de pessoas e dispositivos à rede, e ao AirWave, utilizado no gerenciamento de rede. “Todos os sistemas críticos rodam sobre a solução Aruba, ou seja, ela se integra facilmente a outros softwares, independentemente do fabricante”, diz Carlos Vrublieski, da Ziva Tecnologia e Soluções, empresa parceira da Aruba responsável pelo projeto.

Para Nogara, o AirWave se diferencia por proporcionar maior eficácia no gerenciamento da rede. “Permite ampla visibilidade da rede e controle centralizado, de modo que a TI otimize o desempenho, reforce a segurança e melhore ainda mais a experiência do usuário final”.

Já o ClearPass permitiu que a Cogna criasse acessos à rede Wi-Fi exclusivos para visitantes, garantindo mais segurança. “A rede guest funciona com um autorregistro rápido no site, o que facilitou bastante para nós porque antes tínhamos de fornecer o login de rede para o convidado, sem muito controle desse acesso. Hoje o funcionário que convidou o visitante precisa aprová-lo”, afirma Silva. “Muitos convidados elogiaram”, completa.

Para a equipe de TI, os benefícios também se traduzem em mais produtividade e otimização do tempo. Agora, muitos dos problemas de rotina são identificados e corrigidos automaticamente, como falhas em chamadas de videoconferência.







Mais Notícias RTI



Ultranet Telecom investe em expansão de rede e data center neutro

Empresa de São Paulo quer ampliar interconexão com carriers nacionais e internacionais.

21/09/2020


Webinar apresentará os detalhes da operação que desarticulou as quadrilhas de DDoS

Evento online será hoje e terá participação do Ciberlab - Laboratório de Operações Cibernéticas.

21/09/2020


Techfusion se especializa em reparos de máquinas de fusão

Crescente demanda motivou criação de empresa.

22/09/2020