A Brasil TecPar anunciou no dia 23 de junho a captação de R$ 200 milhões no mercado com objetivo de dar sequência ao plano de M&A - fusões e aquisições no Brasil. Ao todo foram 42 incorporações nos últimos cinco anos, das quais 14 em 2021 e duas em 2022. “Os recursos vão suportar os movimentos inorgânicos da Brasil TecPar e aquisição de novos targets. O projeto de atuação nacional e de melhorias nos serviços prestados segue firme. A meta é dobrar, até o final do ano, a quantidade de clientes do grupo, que hoje é de 350 mil”, diz o CEO Gustavo Stock.

A mais recente aquisição foi da Titânia Telecom, a sexta na Região Centro-Oeste. Em janeiro de 2022 foi integrada a Ponto Com, do Mato Grosso do Sul, e, em 2021, a Brasil TecPar incorporou 14 operações, no Rio Grande do Sul, Santa Catarina (data center), Rio de Janeiro, São Paulo (com atuação nacional), Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.

Fundada em 2007, a Titânia Telecom possui cobertura e clientes corporativos e residenciais em Cuiabá, Várzea Grande, Chapada dos Guimarães, Tangará da Serra e Barra dos Bugres, com receita anual de R$ 90 milhões. “Era uns dos objetivos estratégicos da companhia no Centro-Oeste, pois além de agregar volume e qualidade nos serviços B2C, traz ainda uma qualificada e muito bem atendida operação B2B”, diz o CEO.

A Brasil TecPar deverá terminar o ano com uma receita próxima de R$ 800 milhões.



Mais Notícias RTI



Lenovo investirá R$ 60 milhões em centro de P&D em 5G em Natal

Instalação ficará no Parque Tecnológico Metrópole Digital, dentro do campus da UFRN.

08/08/2022



Telco Transformation LATAM acontece em formato presencial no Rio de Janeiro

Evento será realizado nos dias 17 e 18 de agosto. Leitores da RTI têm desconto.

09/08/2022