Com o aumento de complexidade das redes e infraestrutura de TI, é cada vez maior o desafio de gerenciar e assegurar o adequado funcionamento dos sistemas. A companhia alemã Paessler vem avançando no mercado mundial com o fornecimento do PRTG Network Monitor, um software capaz de monitorar equipamentos, dispositivos, tráfego e aplicativos nas empresas, incluindo serviços em nuvem e IoT – Internet das Coisas.

“O PRTG é um gerente operacional virtual que observa todos os processos dentro da rede, alertando sobre problemas antes que se tornem emergências”, diz Luis Aris, gerente de desenvolvimento de negócios para a América Latina da Paessler. Dessa forma, as ocorrências podem ser solucionadas pelos profissionais de TI de forma proativa, com a rápida identificação de falhas e, por consequência, reduzindo o downtime da rede.

Fundada em 1997 em Nuremberg, a Paessler está presente hoje em mais de 200 mil instalações em 180 países. A primeira versão destinava-se a monitorar switches e roteadores. A abrangência foi aumentando e hoje a ferramenta é aplicada a qualquer dispositivo. “O PRTG é multiprotocolo e fácil de usar, além de ser 'tudo-em-um', sem a necessidade de downloads adicionais”, diz.

O software é disponibilizado por quantidade de sensores (medições) que o cliente deseja acompanhar. O processo começa com uma versão para teste, que pode ser utilizada gratuitamente por 30 dias. A Paessler também oferece licença gratuita com 100 sensores para quem deseja conhecer o PRTG. Durante esse período, o sistema reconhece a infraestrutura de rede e oferece uma proposta inicial, capaz de ser personalizada de acordo com preferências específicas. O usuário pode escalar sua versão, conforme a sua infraestrutura for aumentando, somente pagando a diferença. Além dos pacotes que vão de 500 a 10 mil sensores em licenças perpétuas para uso em um servidor, a empresa lançou recentemente uma versão para medições ilimitadas e distribuição de carga em vários servidores. Nesse caso, a licença é feita por meio de assinatura, começando a partir de 30 mil sensores, o que equivalente a 3000 dispositivos aproximadamente. Os relatórios e alertas são disponíveis na versão para PC, web e aparelhos móveis.

Operacional no sistema Windows, o PRTG também coleta estatísticas de máquinas, softwares e dispositivos selecionados pelo usuário, auxiliando no mapeamento da rede e armazenando informações para análises posteriores.

No Brasil, a Boxware, de São Paulo, é a empresa responsável pela distribuição das licenças do software PRTG Network Monitor. A distribuição é feita por meio de uma rede de 39 parceiros credenciados, que também oferecem suporte ao cliente para instalar e configurar o software. 

Entre os clientes da Paessler está a MTel Tecnologia, de Barueri, SP,  especializada na implementação, integração, operação e outsourcing de redes convergentes de voz, dados, imagens e segurança. Com aproximadamente 170 colaboradores, sendo a maioria de perfil técnico, a empresa dispõe de um NOC com especialistas que atendem os clientes por meio de serviço de suporte técnico on-site e remoto. Nesse contexto, a MTel tem necessidade de monitorar o backbone de radiofrequência distribuído por 70 municípios. São medidos parâmetros como latência, perda de pacotes, disponibilidade, relação sinal/ruído (SNR/dBm), nível de modulação, entre outros itens. Com o PRTG, o time da MTel criou diversos dashboards para auxiliar no monitoramento em tempo real da rede. Além disso, a solução é utilizada para gerenciar diversos tipos de equipamentos, como 74 roteadores, 233 switches, 12 servidores, 152 UPS e 1183 antenas.



Mais Notícias RTI



Testes em instalações de cabeamento óptico

Projeto de norma brasileira está em fase final de desenvolvimento.

13/07/2020


Live discutirá gestão de vendas para provedores

Como enfrentar os desafios atuais e pós-Covid nas empresas.

13/07/2020


Vertiv: mercado de infraestrutura continua aquecido

Para empresa, é fundamental garantir a continuidade das operações dos clientes.

13/07/2020