trial, instalado mediante licença específica da Anatel, está em andamento no laboratório da Vivo na Barra da Tijuca e em dois sites localizados na Barra e Recreio dos Bandeirantes, que permitirá que sejam testadas as conexões em mmWave (ondas milimétricas) na frequência de 26 GHz, e suas possíveis futuras aplicações, como, por exemplo, o FWA - Fixed Wireless Access, conexão fixa sem cabos.

“Esses testes são importantes para avaliarmos o desempenho e a maturidade da tecnologia e também quais tipos de serviços poderão ser lançados, tanto para o mercado B2B, quanto nas soluções para o consumidor final, contribuindo para a evolução da rede 5G da Vivo no país”, diz Elmo Matos, diretor de planejamento de redes da Vivo.

As ondas milimétricas habilitam maior capacidade e melhores experiências aos usuários, sendo essenciais para o desempenho extremo característico do 5G. Mais ainda, habilitam casos de uso em áreas como automação industrial, saúde, sistemas de transporte e realidade virtual. O portfólio Nokia AirScale mmWave atende a todas as bandas – 24/26, 28 e 39 GHZ – e aos parâmetros de ampla gama de casos de uso.

“É com orgulho que somos o parceiro de confiança da Vivo em um teste que construirá as bases do 5G no Brasil. O teste vai explorar as combinações entre alta velocidade e latência ultrabaixa, para trazer conectividade a vários casos de uso. Trabalhamos para oferecer uma experiência potente que assegure futuras implementações robustas e confiáveis de redes 5G”, resume Ailton Santos, Head Brasil da Nokia.





Mais Notícias RTI



AlphaOTT e STI Telecom fazem parceria para oferta de IPTV/OTT

Headend da STI com plataforma da AlphaOTT reduz custos e facilita implantação de serviços.

11/10/2021


eB Capital muda marca eB Fibra para Alloha

Holding também anunciou a contratação de um novo CEO, Alexandre Moshe.

11/10/2021


RazaoInfo oficializa compra da Bitcom

Os dois provedores são do Rio Grande do Sul.

13/10/2021