A Axur, companhia especializada em monitoramento de riscos e ameaças digitais, acaba de lançar o Axur Tokens, um rastreador de base de dados cujo principal benefício é diminuir os riscos no pós-vazamento de dados. O produto permite às empresas terem o melhor controle possível sobre dados vazados por meio de ‘sensores’ que são embutidos nas bases ou nestes dados. Com isso, caso ocorra um vazamento, elas podem reagir numa velocidade bem maior do que a habitual e de forma mais assertiva para segmentar o problema, identificar quais e onde os dados foram comprometidos e minimizar os riscos relacionados à LGPD - Lei Geral de Proteção de Dados. Vale ressaltar que, assim como a lei prevê multas e sanções relacionadas ao acesso à base de dados, ela também estabelece vantagens para quem tem boas práticas de mercado e trabalha de maneira rápida no pós-vazamento.

Além de permitir saber onde e quais dados vazaram, o Axur Tokens possibilita determinar com precisão a causa, se foi um problema interno da empresa ou se foi causado, por exemplo, por um compartilhamento de dados dos clientes e colaboradores de forma errônea ou não autorizada por parte de um parceiro da companhia.

Desde a segunda metade de 2020, é notório o aumento do número de vazamentos de dados e da preocupação das empresas em relação à segurança digital. Segundo o Relatório de Vazamento de Dados no Brasil da Axur, os vazamentos de credenciais brasileiras cresceram 785% nos primeiros meses de 2021, na comparação com o mesmo período de 2020. Além disso, entre abril e maio deste ano foram detectadas mais de 56,7 milhões de credenciais expostas, o que indica um crescimento de 355,75% em relação ao primeiro trimestre do ano.

“O Axur Tokens, assim como o dadosexpostos.com.br, lançado no início do ano, foi idealizado com o objetivo de ajudar as empresas no pós-vazamento de dados. O Brasil passa por um momento de adaptação e maior preocupação por parte das empresas em prol da LGPD. Sabemos da importância em disponibilizar um produto versátil, rápido e eficiente capaz de acompanhar a velocidade em que um dado é vazado ou exposto e que minimize os riscos para companhias”, comenta Fabio Ramos, CEO e fundador da Axur.



Mais Notícias RTI



Naxi lança planos de Internet de até 6 Gbit/s para clientes residenciais

Provedor de Jaraguá do Sul utiliza tecnologia XGS-PON da Venko Networks.

14/01/2022


Santa Catarina terá programa para levar fibra óptica ao meio rural

Investimentos previstos são de R$ 100 milhões nos próximos dois anos.

14/01/2022


Scala Data Centers inicia construção simultânea de dois data centers no Brasil

Sites entrarão em operação ainda em 2022.

18/01/2022