O IMT – Instituto Mauá de Tecnologia abriu inscrições para o curso de pós-graduação em Indústria Digital 4.0. Realizado no formato modular, cujo objetivo é preparar os profissionais para o caminho da Transformação Digital, Indústria 4.0, Digital Supply Chain e Empresa Inteligente com tecnologias avançadas, processos ágeis e redes de negócios integradas, o treinamento é voltado para gestores, engenheiros, consultores, tecnólogos e profissionais de TI/TA que estão em busca de atualização profissional.

Previsto para começar em março, o curso é composto por três módulos de 120 horas cada: PLM & Engenharia 4.0; Manufatura Digital & Produção 4.0 e ERP & Digital Enterprise 4.0. “O curso foca a transformação digital da indústria para integrar tecnologia digital a todos os aspectos da organização. O aluno terá um “modelo mental” para avaliar a infraestrutura de TI e de automação, a lógica de processos e a arquitetura de sistemas de informação, para assegurar a aplicação de diversos frameworks e modelos inteligentes de manufatura com base na pesquisa científica e senso comum”, destaca Evandro Gama, coordenador do curso de Pós-Graduação de Especialização em Indústria Digital 4.0 do IMT.

Para desmistificar e se aprofundar nas particularidades do curso e da Indústria Digital 4.0, Evandro Gama irá promover, no dia 23 de fevereiro, um encontro online gratuito. Os interessados em participar da palestra podem se inscrever pelo link: https://bit.ly/3twsft5.

Já os interessados em obter mais informações e inscrições para a pós-graduação em Indústria Digital 4.0 podem se inscrever pelo site: https://bit.ly/3pTHjyP.



Mais Notícias RTI



Silica Networks anuncia projeto de cabo submarino de 1026 km até a Antártica

Filiais do Brasil, Argentina e Chile participam do estudo do projeto que liga o extremo sul do continente ao Polo Sul.

19/04/2021


Sanepar estuda compartilhamento de rede de esgoto com fibra óptica

Ideia é aproveitar a capilaridade dos 38.464 km de tubulação no Paraná.

19/04/2021


Comba Telecom desenvolve solução Open-RAN multibanda e multi-RAT

Plataforma destina-se a frequências de 1800 e 2100 MHz.

19/04/2021