A Adistec Brasil, distribuidora de valor agregado com foco em infraestrutura para data centers e segurança da informação, fechou 2020 com crescimento de 10% na operação, em comparação ao mesmo período do ano anterior.

Para o country manager José Roberto Rodrigues, apesar das metas iniciais de crescimento serem superiores aos 10%, em um ano desafiador como 2020, o resultado é considerado positivo e foi impulsionado pela consolidação do modelo de home office como um novo formato de trabalho, além da entrada em vigor da LGPD - Lei Geral de Proteção de Dados, que alavancaram um aumento na demanda por soluções de segurança e infraestrutura de ponta. “As áreas de TI ganharam poder neste curto período e mais recursos no orçamento para investir. A partir desse cenário, criamos um ecossistema com os melhores parceiros do mercado para que de forma integrada pudessem fornecer às empresas ferramentas completas que as auxiliarão no ganho de produtividade e ao mesmo tempo entrarem em conformidade com a segurança dos dados”, diz o executivo.

Em 2021, a companhia prevê um crescimento de 25% em relação a 2020. Uma das estratégias é focar na manutenção da proximidade com o canal a fim de apoiá-lo na geração de novos negócios de ponta a ponta. Para atender às necessidades dos canais e seus respectivos clientes, a distribuidora também prevê o fomento das vendas de produtos com a entrada de novos fabricantes em seu portfólio e investimentos em capital humano. Outra estratégia é seguir o plano de expansão da capilaridade, principalmente nas regiões Norte e Centro-Oeste, ao agregar novos parceiros de negócios nessas localidades.



Mais Notícias RTI



Silica Networks anuncia projeto de cabo submarino de 1026 km até a Antártica

Filiais do Brasil, Argentina e Chile participam do estudo do projeto que liga o extremo sul do continente ao Polo Sul.

19/04/2021


Sanepar estuda compartilhamento de rede de esgoto com fibra óptica

Ideia é aproveitar a capilaridade dos 38.464 km de tubulação no Paraná.

19/04/2021


Comba Telecom desenvolve solução Open-RAN multibanda e multi-RAT

Plataforma destina-se a frequências de 1800 e 2100 MHz.

19/04/2021