Uma solução simples, prática e de baixo custo está conquistando os provedores de todo o Brasil. Trata-se do FIT BOX FTTx, um suporte organizador para instalação dos equipamentos de Internet desenvolvido e patenteado pela NVI Soluções, de Irani, SC, que acaba com a bagunça dos cabos dos roteadores e conversores (ONUs) na casa do assinante, cria um padrão de instalação e protege os conectores e aparelhos de desconexões acidentais, por exemplo durante uma limpeza doméstica. “A desorganização gera retrabalho para o provedor, que muitas vezes precisa deslocar técnicos até o cliente para resolver chamados que poderiam ser evitados”, diz Leandro César Savoldi, diretor da NVI e idealizador do FIT BOX.

Segundo ele, a inovação surgiu em função de uma necessidade própria. Há 20 anos atuando com a prestação de serviços de telecomunicações e redes para provedores, Savoldi e sua equipe perceberam que não havia nada no mercado capaz de organizar e padronizar as instalações. “A única solução seria desenvolver nosso próprio produto”, diz o diretor. Depois de mais de três meses de projeto e testes, em novembro de 2019 a NVI chegou ao primeiro protótipo.

A ideia deu tão certo que a inovação, concebida inicialmente para atender às necessidades da própria empresa, foi lançada para todo o mercado brasileiro em março de 2020 e hoje já é fornecida em mais de 15 estados. A empresa forneceu 15 mil peças somente nos últimos quatro meses e o plano é quintuplicar o número em 2021. “A novidade conseguiu abranger todos os recursos necessários em um único produto”, diz. Com as vendas em alta, a NVI está ampliando suas instalações e criando uma área específica para cuidar do FIT BOX, incluindo a produção terceirizada, comercialização, manutenção de estoques e estrutura de distribuidores. Atualmente as vendas são feitas diretamente pela empresa que, além de provedores também atende usuários finais interessados em resolver a desorganização dos cabos em suas residências.

Em processo de registro de patente no INPI, o FIT BOX é fabricado em ABS de elevada resistência mecânica na cor branco gelo. “Mas podemos fornecer o produto na cor desejada pelo cliente e também com o logotipo do provedor”, diz. As dimensões são padronizadas, com 26,5 cm de largura e dois vãos paralelos de 35 mm de profundidade cada (um para o roteador e outro para a ONU). A instalação é rápida: são necessários apenas dois parafusos para prender o suporte na parede. “Na forma tradicional, são quatro parafusos, dois para o roteador e dois para a ONU. Essa facilidade dobra a produtividade dos técnicos de campo”, diz. A visualização dos LEDs, recurso importante para que os técnicos do suporte remoto identifiquem problemas dos equipamentos, é mantida no organizador, que também protege o conector da fibra.

O custo acessível é outra vantagem para os provedores. O FIT BOX varia entre R$ 15 e R$ 17 a unidade conforme o volume contratado. Os modelos básicos, sem o logotipo do cliente, podem ser fornecidos em pronta entrega. Já as versões com a marca são despachadas em cerca de 15 dias. “Muitos provedores compram um lote pequeno para testar e homologar o produto. E depois encomendam lotes grandes para atender seus assinantes a partir de agora. Estamos preparados para atender toda a demanda”, finaliza o diretor.



Mais Notícias RTI



Intelbras anuncia aquisição da catarinense Khomp

Empresa está investindo R$ 460 milhões para acelerar expansão nos próximos 18 meses.

12/04/2021


Link Cariri quer formar times de mulheres para instalação de fibra em campo

Serviços incluem suporte técnico e fusão de fibra.

12/04/2021


Lumiun desenvolve filtro de DNS para provedor em modelo SVA

Provedor pode oferecer ao assinante controle de acesso à Internet com benefícios fiscais.

12/04/2021