O LACNIC - Registro de Endereçamento da Internet para a América Latina e Caribe teve acesso aos números do crescimento dos domínios Covid ou coronavírus na Internet no início da pandemia, o que chamou a atenção de especialistas.

No início de janeiro, os novos domínios caíram para 60; em fevereiro, atingiram um pico de 500 a 1000 registros por dia, e entre o final de fevereiro e março, houve picos de mais de 5000 registros diários de domínios Covid ou coronavírus. “As palavras mais utilizadas no domínio falso foram corona, covid2019 ou covid19”, comenta Carlos Martínez Cagnazzo, gerente da área técnica do LACNIC.

Esse aumento significativo foi detectado por comunidades e grupos técnicos, com o objetivo de descobrir possíveis fraudes. “Existem grupos criminosos que possuem infraestruturas armadas para cometer delitos em situações favoráveis, onde se verifica um aumento do tráfego na Internet. O objetivo dos CSIRTs - Centro de Resposta a Incidentes de Segurança Informática, juntamente com outras organizações que combatem o cibercrime, é desmantelar essa infraestrutura”, completa Martínez.

O executivo ainda acrescentou que o desafio não é apenas baixar uma ligação fraudulenta, mas sim desmantelar toda a infraestrutura, pois a partir daí podem ser lançadas várias campanhas dinâmicas e paralelas. O LACNIC recomenda que as organizações informem às vítimas de possíveis fraudes e desenvolvam programas para a notificação precoce dos usuários.

O LACNIC é uma organização não governamental internacional estabelecida no Uruguai em 2002. É responsável pela designação e administração dos recursos de numeração da Internet (IPv4, IPv6), Números Autônomos e Resolução Inversa.



Mais Notícias RTI



Silica Networks anuncia projeto de cabo submarino de 1026 km até a Antártica

Filiais do Brasil, Argentina e Chile participam do estudo do projeto que liga o extremo sul do continente ao Polo Sul.

19/04/2021


Sanepar estuda compartilhamento de rede de esgoto com fibra óptica

Ideia é aproveitar a capilaridade dos 38.464 km de tubulação no Paraná.

19/04/2021


Comba Telecom desenvolve solução Open-RAN multibanda e multi-RAT

Plataforma destina-se a frequências de 1800 e 2100 MHz.

19/04/2021