A TIM anunciou o primeiro marketplace IoT do Brasil, que disponibiliza para o mercado corporativo, num espaço único, seu portfólio de ofertas de soluções de Internet das coisas que complementam os serviços de conectividade voltados para as verticais de indústria 4.0, agronegócio, cidades inteligentes e utilities.

“O objetivo é incentivar o crescimento do novo mercado de IoT no Brasil, agregando valor à conectividade. Queremos continuar criando soluções no mercado apoiados por diferentes parceiros e hubs de inovação, habilitando a jornada digital dos clientes corporativos. E tudo isso com a qualidade e disponibilidade de cobertura 4G e da tecnologia NB-IoT - Narrow Band IoT, plataforma de Internet das Coisas presente em mais de 3400 cidades no Brasil”, explica Paulo Humberto Gouvea, Head de Soluções Corporativas da TIM Brasil.

No Marketplace IoT, a TIM apresenta soluções completas, que ajudam também os clientes corporativos a reinventarem seus negócios, indo além da conectividade de voz e dados. Seja para o agronegócio, que pode conectar escritórios, fazendas, máquinas, otimizar a gestão de equipe, monitorar lavouras e acompanhar, em tempo real, o transporte de mercadorias tanto para centros de distribuição quanto para o cliente final; para cidades inteligentes, com ferramentas de distanciamento seguro e gestão de projetos em iluminação; para a indústria 4.0, com redes privadas, que oferecem maior cobertura, com segurança, estabilidade e escala; e para utilities, com a oferta de integração de plataforma para medição inteligente de consumo e leitura de energia.

O ecossistema inclui empresas como Agrosmart, Seal Telecom, Squadra, Nokia, Prime Systems, Engineering, Maxtrack, M2M Telemetria e Tractian. Empresas interessadas em tornar-se parceiros e oferecer soluções inteligentes no marketplace IoT TIM podem cadastrar-se no site marketplaceiot.tim.com.br, no link Seja Parceiro.



Mais Notícias RTI



Silica Networks anuncia projeto de cabo submarino de 1026 km até a Antártica

Filiais do Brasil, Argentina e Chile participam do estudo do projeto que liga o extremo sul do continente ao Polo Sul.

19/04/2021


Sanepar estuda compartilhamento de rede de esgoto com fibra óptica

Ideia é aproveitar a capilaridade dos 38.464 km de tubulação no Paraná.

19/04/2021


Comba Telecom desenvolve solução Open-RAN multibanda e multi-RAT

Plataforma destina-se a frequências de 1800 e 2100 MHz.

19/04/2021