A InovaPTT está trazendo para o mercado brasileiro uma linha de terminais PTT – Push to Talk de banda larga (“aperte para falar”) com cobertura em qualquer localidade onde a rede celular ou Wi-Fi esteja disponível, com a vantagem da agilidade para falar e da segurança da criptografia fim a fim.

De acordo com o diretor Marcus Pádula, a InovaPTT é a primeira no país a obter a homologação dos rádios com tecnologia PoC no país. Os aparelhos são fabricados pela Telo Systems, líder em equipamentos push-to-talk de banda larga, exportados para Estados Unidos, Europa, África e, agora, para a América do Sul. A importação para o Brasil é feita com exclusividade pela InovaPTT, que também oferece um rádio móvel próprio para instalação veicular.

O foco é permitir a comunicação instantânea via rádio, o que oferece diferenciais em relação aos radiocomunicadores com PTT anteriores. “Tratando-se de agilidade, quatro passos para um chamado de emergência são eliminados nesse sistema, por exemplo, em comparação com o smartphone”, diz o executivo.

A solução PoC integra os recursos do rádio de banda estreita e os serviços de múltiplas mídias de banda larga, permitindo uma conexão confiável, sem problemas de cobertura, em todo o mundo. A novidade evita o alto custo de implantação de infraestrutura, demandado pelo sistema de rádio tradicional. “É ideal para empresas que contam com equipes de trabalho e materiais espalhados por longas distâncias, já que não exige a instalação de antenas próprias.”

Os equipamentos da InovaPTT não precisam de licença da Anatel, uma vez que operam na plataforma de telefonia celular e/ou rede Wi-Fi, além de eliminar a necessidade de investir em repetidores, torres ou antenas. Descartam-se também os problemas dos rádios tradicionais, sujeitos a interferências, limitação pela distância e, em muitos casos, a exigência adicional de um alto investimento para configuração e manutenção.



Mais Notícias RTI



Silica Networks anuncia projeto de cabo submarino de 1026 km até a Antártica

Filiais do Brasil, Argentina e Chile participam do estudo do projeto que liga o extremo sul do continente ao Polo Sul.

19/04/2021


Sanepar estuda compartilhamento de rede de esgoto com fibra óptica

Ideia é aproveitar a capilaridade dos 38.464 km de tubulação no Paraná.

19/04/2021


Comba Telecom desenvolve solução Open-RAN multibanda e multi-RAT

Plataforma destina-se a frequências de 1800 e 2100 MHz.

19/04/2021