A BRK Ambiental, concessionária responsável pelos serviços de água e esgoto de Sumaré, SP, iniciou a operação da ETA modular, uma estação de tratamento de água composta por três módulos que foi instalada na ETA I, uma estação convencional, na Vila Menuzzo.

Com a instalação, a capacidade de tratamento de água do sistema I, responsável pelo abastecimento de 30% dos moradores de Sumaré, o equivalente a 81 mil pessoas, aumentou em 70 L/s, ou seja, passou de 270 para 340 L/s.

A ETA Modular é composta pelos módulos de floculadores, decantadores e filtros, que possuem a mesma eficiência no tratamento de água se comparada a uma ETA convencional, como a ETA I. “Após a dosagem dos produtos químicos necessários na entrada comum da ETA convencional, a água é encaminhada para a ETA modular, onde passa pelos processos de floculação, decantação e filtração para, posteriormente, ser distribuída com qualidade à população”, complementa  Rafaella Lange, gerente de operações da BRK Ambiental em Sumaré.



Mais Notícias HYDRO



Projeto do Museu Água em São Paulo está aberto para patrocinadores

Empresas apoiadoras podem usar leis de incentivo fiscal.

22/06/2021


Tigre aposta em saneamento com oferta de estação de tratamento de esgoto unifamiliar

Solução reduz o custo de implantação em 40% e de operação em 30% comparado ao conceito tradicional.

22/06/2021


Sabesp automatiza processo de pesagem

Com as soluções da Toledo, há melhor controle da entrada e saída dos materiais, em especial de produtos químicos.

22/06/2021