Os protocolos de desinfecção e higiene das lavanderias comerciais estão sendo reforçados após a chegada do novo coronavírus. Hospitais, hotéis e indústrias passaram a analisar com mais atenção a higienização de lençóis, toalhas e outros itens. Pensando nisso, a Ecolab, fornecedora mundial em prevenção de infecções, soluções e serviços para água e higiene, desenvolveu o programa Protex 360º que, em 13 etapas, orienta lavanderias a evitarem a contaminação dos tecidos, desde a coleta até o momento da entrega.

Para proteger roupas, instalações e pessoas em todo o processo, o programa oferece treinamentos dos processos e produtos bactericidas, fungicidas e virucidas (Oxy-Brite LT e Destainer H), que podem oferecer até dois níveis de proteção. Dessa forma, as lavanderias passam a ter processos que colocam em prática um plano completo para higiene e controle do risco de biocontaminação. Além disso, reforça o cuidado durante as lavagens, garantindo a segurança dos tecidos por meio de ação mecânica, química, duração e temperatura.

Para Claudio Aguiar, líder da divisão de Textile Care da Ecolab no Brasil, o atual momento exige adaptação. “Neste momento que estamos vivendo, diminuir o risco de contaminação se torna ainda mais importante, e o Protex 360º trabalha em prol da desinfecção e segurança não apenas de tecidos, mas de toda a instalação da lavanderia, dentro e fora do local de lavagem”.

Com uma rígida análise de risco, um checklist foi desenvolvido pela Ecolab com o objetivo de auxiliar as lavanderias na execução de cada etapa, reforçando o cuidado no transporte, lavagem, inspeção de qualidade, embalagem e entrega. Além disso, a equipe de monitoramento realiza uma análise da lavanderia, verificando a água utilizada, tecidos, superfícies, ações dos colaboradores, para verificar se os protocolos estão sendo seguidos e os serviços estão sendo entregues de forma eficiente e segura. “O programa eleva o nível de cuidado com as peças e trabalha em prol da prevenção da contaminação e recontaminação, protegendo colaboradores e clientes”, finaliza Aguiar.



Mais Notícias HYDRO



Portaria legaliza o uso de poços e águas subterrâneas

Segundo a ABAS, a GM/MS 888 corrige distorções e traz avanços importantes.

15/06/2021


Assembleia Legislativa de São Paulo aprova criação de unidades regionais de saneamento

Projeto impõe metas de universalização de água e esgoto no Estado.

15/06/2021


BNDES fará estudos para ampliar saneamento no Paraíba

Banco assinou contrato de estruturação de projeto com o Governo do Estado.

15/06/2021