A Sanepar investiu R$ 918,3 milhões nos primeiros nove meses de 2021, um aumento de 30,2% em relação a igual período de 2020. Somente neste último trimestre, foram investidos R$ 366 milhões, 41,4% a mais do que no terceiro trimestre de 2020.

Os investimentos foram feitos em todas as regiões do estado e consolidam a companhia com um dos melhores indicadores do setor no país tanto no abastecimento, que leva água potável a 100% da população urbana, como no esgotamento sanitário, que atende 77,4% da população com rede coletora e 100% de tratamento.

Nos sistemas de abastecimento de água, foram R$ 455,2 milhões com obras de ampliação de captações, tratamento, distribuição e capacidade de reservação. Algumas obras foram antecipadas visando à mitigação dos efeitos da crise hídrica.

Na Região Metropolitana de Curitiba, por exemplo, a companhia executou a transposição do Rio Verde e a do Rio Capivari, que estava prevista para 2025. Juntas têm a capacidade de incorporar até 900 L/s ao sistema de abastecimento integrado de Curitiba e região metropolitana. Além disso, está finalizando a obra de ressetorização em Curitiba, com quatro novos reservatórios e 107 quilômetros de rede, que tornam mais dinâmicas a reservação e a distribuição de água tratada.

Em esgotamento sanitário, os investimentos foram de R$ 398,1 milhões. Em Cascavel, a Sanepar está construindo uma estação elevatória e implantando mais 29 quilômetros de rede coletora de esgoto, que vão beneficiar 3,6 mil famílias. Essas obras, previstas para serem concluídas em 2022, vão tornar Cascavel a primeira cidade do estado do Paraná a ter 100% de cobertura de esgotamento sanitário.



Mais Notícias HYDRO



Plataforma da Abdid reúne mais de 1600 projetos de infraestrutura

Setor de saneamento é um dos destaques do banco de dados.

07/12/2021


Bridgestone apresenta relatório de sustentabilidade na América Latina

Unidades apresentaram uma diminuição de 23,3% no consumo de água em 2020.

07/12/2021


Até R$ 19,7 bilhões do FGTS serão disponibilizados para obras de saneamento até 2025

Em 2022, financiamentos podem chegar a R$ 4,7 bilhões.

08/12/2021