Com metodologia utilizada há mais de 10 anos pelo Grupo Veolia em diversos países, o Hubgrade chega ao Brasil como ferramenta para monitoramento, análise e otimização operacional na gestão de água, energia e resíduos para cidades e indústrias. O sistema combina inteligência artificial e competências humanas para monitorar, remotamente e em tempo real, a performance e a eficiência operacional, em alinhamento às metas ambientais e econômicas dos clientes.

A infraestrutura para atendimento ao mercado brasileiro está situada na sede da Veolia Brasil, em São Paulo. Inaugurado recentemente, o centro inteligente de monitoramento se conecta a mais de 30 salas similares localizadas nos países onde atua, o que permite à companhia ter inteligência de dados e, assim, estabelecer comparações, tendências e estudar a viabilidade de soluções aplicadas com êxito em outras partes do mundo, como um benchmarking global.

Utilizado para alcançar as metas e garantias de performance e sustentabilidade e totalmente customizável às necessidades de indústrias, prédios comerciais, hospitais ou cidades, o Hubgrade é baseado em um trabalho coordenado com o cliente. Sensores são implantados em pontos-chave da operação e os dados captados são analisados por especialistas da Veolia, que processam as informações e comunicam à equipe local para apoiar a gestão na tomada de decisões.

Em operação em clientes por todo o mundo, como Tetrapak, Daimler Benz, Coca Cola e McCain, o sistema também já está funcionando em algumas plantas no Brasil, onde tem contribuído para a otimização de estações de tratamento de efluentes, o monitoramento de operação industrial e eficiência energética em diferentes segmentos. “Essas parcerias demonstram a versatilidade do Hubgrade e o potencial para atender às diversas expectativas de performance e redução da pegada ambiental”, afirma o CEO da Veolia Brasil, Pedro Prádanos.

A plataforma atende a variados modelos de negócio, podendo ser integrada aos contratos de operação e manutenção ou como um produto de gestão e otimização operacional para projetos de eficiência energética, transformação e valorização de resíduos sólidos e gestão de efluentes, por exemplo. Dentre as possibilidades de atuação, o Hubgrade ainda pode ser utilizado no monitoramento da qualidade do ar, uma solução essencial para a retomada das atividades nas empresas, escolas, comércios e demais edifícios, com o cenário atual de complexas restrições por conta da pandemia do novo coronavírus.



Mais Notícias HYDRO



Projeto do Museu Água em São Paulo está aberto para patrocinadores

Empresas apoiadoras podem usar leis de incentivo fiscal.

22/06/2021


Tigre aposta em saneamento com oferta de estação de tratamento de esgoto unifamiliar

Solução reduz o custo de implantação em 40% e de operação em 30% comparado ao conceito tradicional.

22/06/2021


Sabesp automatiza processo de pesagem

Com as soluções da Toledo, há melhor controle da entrada e saída dos materiais, em especial de produtos químicos.

22/06/2021