A Check Point, fornecedora de soluções de cibersegurança, fechou uma parceria com a Harvard University e o MIT – Massachusets Institute of Technology para oferecer cursos online gratuitos de cibersegurança pela plataforma edX.

Todos os cursos da Check Point estarão disponíveis, incluindo as séries Check Point Jump Start, voltadas para segurança de rede e hiperscala. Outros módulos estarão disponíveis em breve nas soluções de segurança em nuvem CloudGuard e proteção para pequenas e médias empresas. As aulas visam capacitar estudantes e profissionais de TI em ciberameaças e gerenciamento de segurança, bem como atender profissionais que buscam iniciar uma nova carreira no setor.

Os treinamentos são totalmente gratuitos. Segundo um estudo divulgado pela Check Point, no ano passado quase dois terços das organizações relataram escassez de pessoal na área de cibersegurança, com 36% das empresas apontando a falta de pessoal de segurança qualificado ou experiente como sua principal preocupação no local de trabalho.

“A parceria com a reconhecida plataforma edX nos permite contribuir para a diminuição da falta de qualificações na área da cibersegurança. Com a escassez global ultrapassando os 4 milhões de profissionais, as organizações precisam acelerar os esforços para tentar ajudar e mudar esse problema”, diz Liat Doron, vice-presidente de aprendizado e treinamento da Check Point Software Technologies. “Trabalhar com a edX, combinado com nossas outras iniciativas, como o SecureAcademy, ajudará a reduzir e até eliminar essa escassez global de qualificação e atrair a próxima geração de profissionais de cibersegurança.”

Para mais informações relacionadas aos cursos acesse: www.edx.org/school/checkpoint.



Mais Notícias RTI



Silica Networks anuncia projeto de cabo submarino de 1026 km até a Antártica

Filiais do Brasil, Argentina e Chile participam do estudo do projeto que liga o extremo sul do continente ao Polo Sul.

19/04/2021


Sanepar estuda compartilhamento de rede de esgoto com fibra óptica

Ideia é aproveitar a capilaridade dos 38.464 km de tubulação no Paraná.

19/04/2021


Comba Telecom desenvolve solução Open-RAN multibanda e multi-RAT

Plataforma destina-se a frequências de 1800 e 2100 MHz.

19/04/2021