Com as medidas de prevenção contra o coronavírus, o atendimento digital se sobrepôs, em muitos segmentos, ao presencial, exigindo suporte efetivo da tecnologia e, especialmente, da Internet. Foi nesse cenário que a MATVSUL Eletrônicos, de Caxias do Sul, RS, conseguiu incrementar seu nicho de mercado, garantir o fluxo de caixa e ainda atingir um faturamento fora da curva no mês de junho deste ano.

“Apesar de estimarmos uma queda próxima de 50% no faturamento de abril, quando o país começava a restringir medidas sanitárias e econômicas, sobre o mesmo período de 2019, esse resultado não se concretizou. Tivemos uma redução em torno de 10% em abril e maio, além de crescimento de 25% em junho, em relação ao mesmo período do ano passado”, diz Greici Naujorks Friedrich, diretora da empresa. De acordo com ela, os números positivos se devem à expansão do mercado de provedores de Internet – pela necessidade de produtos que garantam melhor qualidade de conexão - e à escassez de itens correspondentes, alguns dependentes de matéria-prima importada para fabricação. As empresas que contavam com maior volume de estoques foram beneficiadas e saíram na frente para atender o consumidor.

A MATVSUL reestruturando sua área comercial com a criação de novos setores para garantir a entrega de soluções mais completas e acredita na recuperação econômica. Com 35 anos de existência, a empresa é distribuidora autorizada da Intelbras no Sul do Brasil. Oferece equipamentos de segurança, telefonia, redes, antenas e energia solar, com filiais no Rio Grande do Sul e Santa Catarina.



Mais Notícias RTI



Lenovo lança conceito de data center baseado em assinatura

Cobrança mensal considera o consumo de energia dos equipamentos.

11/08/2020


Câmara dos Deputados implanta DCIM da Specto em data center

Segundo a empresa, este é um dos maiores cases de DCIM no país.

10/08/2020


Próximo FTTH Meeting será de 18 a 20 de agosto

Conferência técnica de redes ópticas será 100% digital.

10/08/2020