A Link Cariri, empresa de telecom com sede em Juazeiro do Norte e atuação em nove cidades no sul do Ceará, na região chamada Cariri, implantou uma central de energia fotovoltaica e desde junho de 2020 todas as atividades são alimentadas por fonte sustentável. A planta fica na cidade de Barro e injeta a produção de eletricidade na rede da distribuidora Enel.

Segundo José Maria Lucena e Elgton Lucena, proprietários da Link Cariri, o projeto teve início em meados de dezembro de 2019. Foram instalados 342 módulos de 340 Wp (Watt-pico), sendo 116,26 kWp, além de dois inversores de 50 kW, que mensalmente geram 16 MWh e resultam em uma média anual de 192 MWh. A redução anual de emissão de CO2 é de 56,64 toneladas. “Ou seja, é como se fossem plantadas 404 árvores por ano”, compara José Maria. Considerando a média por residência de 160 kWh, a usina pode gerar anualmente o equivalente ao consumo de 100 residências.

A Link Cariri atende atualmente 8000 assinantes. Entre suas principais demandas de energia estão os dois escritórios administrativos, o data center, os sites com torres e as centrais de FTTH – fiber to the home. A previsão de retorno do investimento é de três anos.

“Estamos sempre incentivando os colaboradores e clientes a desenvolverem atitudes ambientais conscientes, como a separação de lixo e economia de água. Acreditamos que essas pequenas atitudes tenham um grande impacto na sociedade”, completa Elgton Lucena.



Mais Notícias RTI



Silica Networks anuncia projeto de cabo submarino de 1026 km até a Antártica

Filiais do Brasil, Argentina e Chile participam do estudo do projeto que liga o extremo sul do continente ao Polo Sul.

19/04/2021


Sanepar estuda compartilhamento de rede de esgoto com fibra óptica

Ideia é aproveitar a capilaridade dos 38.464 km de tubulação no Paraná.

19/04/2021


Comba Telecom desenvolve solução Open-RAN multibanda e multi-RAT

Plataforma destina-se a frequências de 1800 e 2100 MHz.

19/04/2021