A OIW Telecom Solutions, distribuidora e fabricante de equipamentos para provedores de Internet, iniciou o processo de abertura de uma nova fábrica e centro de distribuição em Cuiabá, MT. Utilizando as possibilidades de logística oferecidas pelo Porto Seco da cidade, a companhia busca reduzir custos e prazos de entrega para clientes das regiões Norte e Centro-Oeste do Brasil.

“A filial MT vai contar com um galpão de 3200 m² e 200 m² de área administrativa”, destaca o coordenador de desenvolvimento e expansão da OIW, Luciano de Souza Araújo.

A área total é a maior dentre as unidades e permite ter um grande estoque, além de linhas de produção para os produtos eletrônicos fabricados pela empresa. “Ainda estamos estudando o formato da filial, se será apenas de centro de distribuição ou se teremos fabricação local também”, complementa.

Com o avanço dos planos, a empresa, que atualmente conta com cerca de 150 funcionários, também espera gerar empregos na região. “A nova unidade faz parte de um plano de expansão para os próximos anos, com o diferencial de reduzir o prazo de entrega”, explica Roberto Ferreira, diretor da OIW.

Ele acrescenta que o grande desafio nesses locais é a logística. “Acreditamos que uma unidade mais próxima vai alavancar as vendas na região, que vêm crescendo ano a ano, aliada à necessidade e franca expansão das redes de conectividade locais”, diz.

Segundo o diretor comercial da OIW, Eduardo Bellizia, as regiões Norte e Centro-Oeste contam com 1177 clientes provedores, segundo levantamento da Anatel – Agência Nacional de Telecomunicações. “Temos um market share de 24,4%. Com a agilidade de logística que teremos no Norte e com menos barreiras tarifárias na região Centro-Oeste, a expectativa é aumentar a participação em, pelo menos, 50%, após um ano do início da operação no Mato Grosso”, conta. A expectativa da empresa é iniciar as atividades até a segunda quinzena de agosto.



Mais Notícias RTI



Silica Networks anuncia projeto de cabo submarino de 1026 km até a Antártica

Filiais do Brasil, Argentina e Chile participam do estudo do projeto que liga o extremo sul do continente ao Polo Sul.

19/04/2021


Sanepar estuda compartilhamento de rede de esgoto com fibra óptica

Ideia é aproveitar a capilaridade dos 38.464 km de tubulação no Paraná.

19/04/2021


Comba Telecom desenvolve solução Open-RAN multibanda e multi-RAT

Plataforma destina-se a frequências de 1800 e 2100 MHz.

19/04/2021