A Ateme, empresa com sede na França, especializada em soluções de compressão e processamento de vídeo, vai realizar o webinar gratuito Prepare, processe e distribua seus conteúdos de vídeo de forma eficiente com as soluções Ateme no dia 25 de junho, às 11 horas (horário de Brasília). As apresentações serão em português. Os interessados em acompanhar devem se inscrever pelo link:

https://www.ateme.com/originate-and-distribute-content-efficiently-over-your-ott-networks/

A empresa oferece um portfólio completo de soluções de compressão e processamento de vídeo, implementadas em mais de 800 clientes distribuídos em 100 países. No Brasil, conta com um escritório comercial, laboratório e equipe de suporte baseada em São Paulo.

Além dos clientes tradicionais de broadcast, um dos focos para o mercado brasileiro são os provedores de Internet, que além da banda larga, também oferecem conteúdos de vídeo em suas plataformas.

“Podemos ajudar os provedores a fornecer serviços de vídeo com melhor qualidade de experiência”, diz Luis Silva, diretor de vendas da Ateme para o Brasil. Entre os destaques estão os encoders e decoders Kyrion e a plataforma Titanuma solução baseada em software flexível que cobre todas as necessidades de compressão ao vivo e sob demanda, como captura, processamento de áudio, vídeo e empacotamento. Segundo o diretor, a empresa tem casos de sucesso onde foram obtidas economias superiores a 30% a 40% quando comparadas com a infraestrutura anterior (codecs, receptores, energia, espaço físico e suporte).

Fundada em 1991, a Ateme teve um faturamento de 66,4 milhões de euros em 2019 e cresce cerca de 18% ao ano. A empresa possui 43 patentes e está envolvida na padronização dos sistemas de compressão de vídeo, além de fazer parte dos principais fóruns mundiais sobre o assunto (MPEG, ITU, ATSC, SMPTE, Alliance for Open Media).

Entre seus principais clientes estão os operadores de TV a cabo, emissoras de broadcast e prestadores de serviços, como produtoras e agregadores de conteúdos e plataformas de IPTV, OTT e streaming. “Nosso objetivo é ajudar os clientes a desenvolver modelos de negócios mais flexíveis e rentáveis”, finaliza o diretor.



Mais Notícias RTI



Silica Networks anuncia projeto de cabo submarino de 1026 km até a Antártica

Filiais do Brasil, Argentina e Chile participam do estudo do projeto que liga o extremo sul do continente ao Polo Sul.

19/04/2021


Sanepar estuda compartilhamento de rede de esgoto com fibra óptica

Ideia é aproveitar a capilaridade dos 38.464 km de tubulação no Paraná.

19/04/2021


Comba Telecom desenvolve solução Open-RAN multibanda e multi-RAT

Plataforma destina-se a frequências de 1800 e 2100 MHz.

19/04/2021