A TIM acaba de registrar um novo recorde em testes 5G standalone (SA) no país, ao atingir em laboratório uma velocidade de transferência de dados de 5,4 Gbit/s, 100 vezes maior do que o 4.5G e 100 vezes acima do registrado no 5G Dynamic Spectrum Sharing (DSS), usando toda a banda existente na faixa de 26 GHz (chamada de ondas milimétricas ou mmWave).  Nos mesmos testes foi alcançada uma latência (tempo de resposta) de 5 milissegundos, que representa 1/4 do valor registrado hoje no 4G.

O resultado foi alcançado em parceria com a Qualcomm. O “5G de verdade” está previsto, de acordo com cronograma da agência regulatória, a partir de julho deste ano nas capitais e demais praças até 2029.

A operadora adquiriu no leilão da Anatel as faixas de 3,5 e de 26 GHz (600 MHz, mas no ambiente de laboratório chegou a ser utilizada uma largura de banda de 800 MHz). Os testes comprovaram que velocidades de até 3,9 Gbit/s podem ser alcançadas utilizando todo o espectro adquirido.

Os testes foram realizados com infraestrutura de rede standalone 5G da TIM e utilizando um dispositivo de teste (smartphone) alimentado pelo Snapdragon X65 Modem-RF System. Os resultados alcançados marcam a primeira conexão no Brasil e na América Latina usando 5G NR com Dual-Connectivity (NR-DC 3,5GHz + 26GHz), múltipla agregação de portadoras (CA ou Carrier Aggregation) e com core 5G, que permite recursos como fatiamento de rede, menores latências e alta confiabilidade.

O 5G mmWave é um aspecto fundamental do padrão global 5G. Ele permite que a operadora use vastos recursos de espectro em bandas acima de 24 GHz (bandas de frequência mmWave) para fornecer capacidade de rede massiva, baixíssimas latências e desempenho multi-Gigabit extremo – até 10 Gbit/s com o Snapdragon X65, essencial para atender às demandas de dados para empresas, indústrias e ao consumidor final.



Mais Notícias RTI



Master quer comprar provedores para dobrar base de acessos

Foco são operações até 15 mil assinantes.

23/05/2022


Banrisul inaugura data center em Porto Alegre

Estrutura é o primeiro Tier 3 em operação no Rio Grande do Sul.

24/05/2022


ITTV busca parcerias com provedores

O objetivo é oferecer capacidade de oferta de mais de 100 canais lineares de TV, programas adultos e infantis, documentários, noticiários, esportes, séries e filmes.

24/05/2022