De acordo com dados divulgados pela Anatel – Agência Nacional de Telecomunicações, ao observar a distribuição do tráfego durante 24 horas, é possível notar que à 0h o novo dia começa com um volume próximo a 8 Tbit/s, descendo até o mínimo de aproximadamente 2 Tbit/s às 4h. A partir das 11h o crescimento do volume de dados volta a acelerar, estabilizando-se perto de 9 Tbit/s entre 14h e 18h. Entre 20h e 22h é registrado o pico diário, que no dia 23 de março chegou a 11 Tbit/s, um recorde até então.

Ainda segundo a Anatel, o tráfego internacional de dados registrado pelas operadoras nas semanas de pico, no fim de março, chegou a 98% de aumento se comparado ao volume de uma semana considerada típica, antes das medidas de isolamento social.



Mais Notícias RTI



Silica Networks anuncia projeto de cabo submarino de 1026 km até a Antártica

Filiais do Brasil, Argentina e Chile participam do estudo do projeto que liga o extremo sul do continente ao Polo Sul.

19/04/2021


Sanepar estuda compartilhamento de rede de esgoto com fibra óptica

Ideia é aproveitar a capilaridade dos 38.464 km de tubulação no Paraná.

19/04/2021


Comba Telecom desenvolve solução Open-RAN multibanda e multi-RAT

Plataforma destina-se a frequências de 1800 e 2100 MHz.

19/04/2021