A Scala Data Centers, plataforma de data centers hiperescaláveis sustentáveis, fundada pela DigitalBridge, holding de investimento em infraestrutura digital, avança a etapa de construção de dois novos data centers no país, SP4 e SP5, localizados no complexo da companhia em Tamboré, SP.

Com capacidade total de 18 MW, o SP4 será seu maior data center vertical da América Latina e nasce 100% dedicado e vendido ao mercado hyperscaler. Já SP5 dispõe de uma capacidade total de 9 MW. Previstos para iniciar as operações em abril e setembro de 2022, respectivamente, SP4 e SP5 estão inseridos na estratégia de campus da Scala, que consiste em infraestruturas de classe mundial em engenharia e operações para acomodar o crescimento do ambiente de TI dos clientes, em cenários de 10 a 15 anos, com opção de customização e registro comprovado de entrega e disponibilidade. Caracterizado pela neutralidade de rede, o campus da Scala oferece alta conectividade, ampla abordagem de operadoras, oferta de fibra apagada em rotas distintas e infraestrutura subterrânea no condomínio.

O SP4 e SP5 estão sendo construídos sob a gestão do CoE - Centro de Excelência em Engenharia, responsável por toda a cadeia de design e construção dos data centers da companhia, o que traz mais controle, visibilidade aos projetos e ganho de escala. Nesse sentido, dispõem de uma nova atuação logística e de distribuição, que privilegia a aquisição de equipamentos críticos, como chillers e geradores, de maneira antecipada e conjunta.

Assim como SP3, inaugurado no complexo de Tamboré em agosto de 2021, os projetos de SP4 e SP5 estão em linha com as especificações da certificação ANSI/TIA 942-B rated 3, que atesta parâmetros de elétrica, mecânica, telecom, arquitetura e segurança para a construção e o design de data centers.

A construção do SP4 e SP5 segue os parâmetros da certificação LEED - Leadership in Energy and Environmental Design. No quesito energético, têm garantido 100% de energia renovável e certificada, acordada por meio de contratos estratégicos e de longo prazo.

Além dos investimentos em curso, a Scala tem planejado a construção de SP6, no complexo de Tamboré, e novos campi em Campinas e Jundiaí, SP, que somarão uma capacidade total da ordem de 300 MW.



Mais Notícias RTI



Naxi lança planos de Internet de até 6 Gbit/s para clientes residenciais

Provedor de Jaraguá do Sul utiliza tecnologia XGS-PON da Venko Networks.

14/01/2022


Santa Catarina terá programa para levar fibra óptica ao meio rural

Investimentos previstos são de R$ 100 milhões nos próximos dois anos.

14/01/2022


Tely aumenta capacidade de rede com solução da Ciena

Plataforma óptica coerente utiliza transponders de 400 Gbit/s.

18/01/2022