Na visão da Passarelli Engenharia e Construção, o mercado de data centers se tornou mais promissor para este e os próximos anos, principalmente com a chegada de tecnologias como o 5G. A empresa oferece soluções integradas em engenharia civil, atuando desde o desenvolvimento de projetos, pré-engenharia, estruturação, aprovação e construção de variados tipos de edificação.

“Os data centers, em complexidade construtiva, se assemelham bastante aos aeroportos e hospitais, perfis já bastante presentes em nosso portfólio, uma vez que em todos esses produtos temos de assegurar o fornecimento de um sistema sem falhas, protegendo a integridade física de todo o patrimônio humano e dos recursos operacionais”, diz Cassiano Damasceno, Superintendente Comercial da Passarelli.

Na sua visão, os clientes estão buscando no mercado empresas com a expertise de construção. “O fator de sucesso nesse tipo de projeto é conceber e implantar ambientes que ofereçam segurança física e lógica, além da sustentabilidade, com aplicações das normativas de LEED - Leadership in Energy and Environmental Design, pois mais do que otimizar custos operacionais, o importante é garantir qualidade e redundância de infraestrutura com o objetivo de atender a atividade primária de missão crítica”, complementa.

O executivo lembra que cada vez mais empresas encontram a necessidade de investir em data centers para proteger, organizar e dar suporte para as mais diversas informações. A demanda aumentou durante e no pós-pandemia, com a alta dos serviços online. Outro fator que contribuiu para a busca de soluções que assegurem os dados e informações digitais foi a recente implantação da Lei Geral de Proteção de Dados. Estudo do Instituto de Pesquisa Aritzon, realizado em 2020, aponta que, até 2026, o mercado latino-americano de data centers chegará a US$ 780 bilhões. No Brasil, segundo a empresa de consultoria Frost & Sullivan, a capacidade instalada de data centers já alcançou 438 MW.

A Passarelli conta, em seu portfólio, com recentes entregas, como, por exemplo, o data center do Aeroporto de Fortaleza (foto), além da unidade de Pesquisa e Desenvolvimento da Stihl, no Rio Grande do Sul, única planta que a fabricante de equipamentos possui nesse perfil fora da Alemanha.

Fundada em 1932, a Passarelli atua com soluções completas de engenharia e construção, em três áreas de negócios: imobiliária, edificações e infraestrutura. Também oferece produtos e serviços por meio de outras duas empresas: HBSP, locadora de equipamentos, e IouTility, focada no segmento de IoT - Internet das Coisas.





Mais Notícias RTI



ALLREDE incorpora mais cinco provedores no Centro-Oeste

Empresa alcança 152 mil clientes.

07/12/2021


OneX Data Centers do Brasil inaugura data center no Vale do Aço mineiro

Objetivo é prover serviços de nuvem.

07/12/2021


IProject apresenta dois novos produtos na ABRINT 2021

Com soluções inovadoras, a iProject TI chega à ABRINT com grandes novidades.

07/12/2021