A ampliação do setor de telecomunicações, incluindo a implantação da rede 5G no Brasil, dependerá da capacitação da mão de obra especializada. Esta foi uma das principais conclusões do painel de abertura da Feninfra Live, webinar promovido pela Federação Nacional de Call Center, Instalação e Manutenção de Infraestrutura de Redes de Telecomunicações e de Informática, realizado no último dia 3 de setembro.

Segundo Vivien Suruagy, presidente da Feninfra, o Brasil, por conta dos investimentos previstos, precisa organizar-se para suprir a demanda por profissionais capacitados. “Nossa previsão é que serão criados mais de 1,5 milhão de empregos no setor. Por isso, é fundamental termos uma grade curricular atualizada e adequada”, afirma.

Vivien ressaltou que não se pode mais desvincular a questão da mão de obra no contexto da instalação de infraestrutura de telecomunicações. De acordo com ela, o Brasil precisa estar preparado para a revolução digital que está ocorrendo no mundo, para manter a competitividade. Sua opinião foi corroborada por Jefferson Magalhães de Azevedo, vice-presidente do Conif - Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnologia. “Temos que formar pessoas para ajudar o Brasil a superar seus desafios”, destacou, enfatizando os avanços que estão ocorrendo nos polos de inovação, especialmente no Ceará, Minas Gerais e Santa Catarina.





Mais Notícias RTI



MCD Telecom aluga portas ópticas para provedores por R$ 20 o assinante

40 provedores no entorno de Brasília estão usando a rede neutra.

27/09/2021


Edge data centers é tema de próximo webinar da RTI

Live apresentará as aplicações de estruturas em contêiner, edge e mini data centers.

27/09/2021


SmartLabs fornece plataforma OTT na Città Telecom

Solução será usada nos set-top boxes dos clientes e usuários de mobile.

27/09/2021