Desde o início da pandemia as operadoras se depararam com um crescimento exponencial do uso de serviços de telecom. Isso trouxe um desafio para as empresas do setor, que é ofertar mais serviços e, ao mesmo tempo, reduzir as emissões de carbono. Um estudo global da consultoria Oliver Wyman com 19 operadoras no mundo mostra que, juntas, elas emitiram 128 milhões de toneladas de carbono. Nesse contexto, as empresas de telecom têm uma meta de reduzir em mais de 50% as suas emissões, conforme o estudo The next level of Emission Reductions in Telecom Operators.

Mas, para fazer isso, de acordo com o relatório, as operadoras têm três grandes desafios. O primeiro é conhecer melhor as práticas ambientais dos seus fornecedores da cadeia de suprimentos; o segundo é racionalizar o uso de energia que é demandado para operar as suas redes; e o terceiro é compreender o comportamento do usuário em relação ao uso de energia que ele faz para acessar os serviços de dados e voz.

A análise completa pode ser consultada pelo link: https://owy.mn/2Ui6JeV.



Mais Notícias RTI



Naxi lança planos de Internet de até 6 Gbit/s para clientes residenciais

Provedor de Jaraguá do Sul utiliza tecnologia XGS-PON da Venko Networks.

14/01/2022


Santa Catarina terá programa para levar fibra óptica ao meio rural

Investimentos previstos são de R$ 100 milhões nos próximos dois anos.

14/01/2022


Scala Data Centers inicia construção simultânea de dois data centers no Brasil

Sites entrarão em operação ainda em 2022.

18/01/2022