O CDNTV, solução desenvolvida e comercializada pela Technobox Tecnologia, de Porto Alegre, RS, permite aos provedores levar sinais de televisão aos assinantes por meio de uma plataforma de streaming via Internet e também economizar banda. É esse apelo comercial que a empresa está enfatizando junto ao mercado. Por exemplo, 100 clientes assistindo ao Jornal Nacional pelo CDNTV representam um consumo do link de Internet do provedor de 3 Mbit/s. Esses mesmos clientes assistindo pelo Globoplay consomem 300 Mbit/s. “Isso traz uma economia de banda absurdamente alta para os provedores que podem, em tempos de crise, manter os clientes, seus planos e sua fidelidade enquanto economizam recursos”, diz Matheus Cadori, gerente de TI da Technobox.

Segundo ele, o CDNTV possibilita entregar sinais de TV, câmeras de monitoramento e conteúdos lineares, aumentando o tíquete médio entre R$ 10 a R$ 20 por assinante. A empresa pode ainda reduzir os impostos pagos no SVA.

Instalado no servidor do provedor de Internet, o CDNTV busca os canais no headend das emissoras parceiras, faz a recepção dos sinais e a gestão do conteúdo, que poderá ser acessado em celulares, computadores, set top boxes e smart TVs. “A instalação do software é muito e rápida. Se o provedor já tiver um servidor disponível para o serviço, em algumas horas o serviço é concluído. “Passamos todo o conteúdo para o PTT mais próximo do provedor”, diz Cadori.

O CDNTV possui acordo com a maioria dos PTTs do Brasil e principais programadoras de canais abertos e fechados. Qualquer canal pode ser inserido na grade de programação, inclusive os de rádio, das câmeras de monitoramento da cidade, condomínio, igrejas e eventos locais.

Totalmente desenvolvida pela equipe da Technobox, a solução permite gerenciar o acréscimo ou retirada de canais, acessar estatísticas de acesso dos clientes a canais, regras para login e criptografia e regras de usuários. Pode se integrar com sistemas ERP existentes dos provedores.

O CDNTV é atualmente usado por mais de 120 provedores e a procura tem aumentado nas últimas semanas desde que a pandemia foi decretada. “Temos recebido diversas consultas do país todo”, diz. Com isso, a empresa espera ampliar de forma significativa o portfólio de clientes, bem como as cidades atendidas.



Mais Notícias RTI



Testes em instalações de cabeamento óptico

Projeto de norma brasileira está em fase final de desenvolvimento.

13/07/2020


Live discutirá gestão de vendas para provedores

Como enfrentar os desafios atuais e pós-Covid nas empresas.

13/07/2020


Vertiv: mercado de infraestrutura continua aquecido

Para empresa, é fundamental garantir a continuidade das operações dos clientes.

13/07/2020