Os órgãos municipais de São José do Rio Preto, SP, vêm investindo em uma rede sem fio que garante muito mais automação, agilidade e segurança no tráfego de dados.
A atualização da rede é um projeto de longo prazo liderado pela Empro Tecnologia e Informação. Rio Preto já conta com uma rede de anel óptico com extensão de aproximadamente 400 quilômetros, interligando os prédios da administração pública municipal. Porém, essa rede cresceu de forma heterogênea ao longo dos anos, com equipamentos de fornecedores diferentes que não estavam integrados entre si. Cada atualização tinha de ser feita individualmente, algo impraticável quando se tem dezenas de unidades espalhadas pela cidade.
Para resolver o problema e criar a base para uma cidade inteligente, a Empro começou a propor aos órgãos públicos a substituição da rede cabeada pelo Wi-Fi. Desde 2019, a Secretaria da Fazenda e outros órgãos já foram modernizados com soluções da Aruba, uma empresa da Hewlett Packard Enterprise, em parceria com a Ziva Tecnologia e Soluções.
Além da conectividade móvel de alta performance e simplicidade de configuração, as soluções incluem acesso remoto seguro à VPN, segmentação dinâmica de usuários e visibilidade dos dispositivos que acessam a rede, com autenticação via ClearPass. Para ampliar a segurança, a equipe de TI criou quatro níveis de usuário, com diferentes permissões de acesso. A rede corporativa tem cerca de 5 mil usuários.

Na pandemia, a Empro foi capaz de fornecer conectividade a unidades de atendimento Covid-19 em poucas horas e também de proporcionar aos Centros de Referência da Assistência Social conectividade sem fio para atualizar com rapidez o cadastro de beneficiários do auxílio emergencial. “A TI ganhou agilidade com a adoção da rede sem fio. Além disso, reduzimos o trabalho rotineiro de ‘apagar incêndios’ e podemos focar em inovação”, destaca Felipe Garcia, Assessor de Projetos da Empro. Os bons resultados nos órgãos municipais já refletem nos negócios: a demanda para instalação de novos pontos de acesso já cresceu 220% no ano de 2021 em relação a 2020.

Segundo Antenor Nogara, country manager da Aruba, Rio Preto é um exemplo de visão estratégica na administração pública. “Um projeto de cidade inteligente precisa estar apoiado em uma infraestrutura robusta, integrada e de fácil gerenciamento. A segurança também é um fator crucial devido à sensibilidade dos dados que trafegam nos diferentes órgãos", avalia.

Garcia avalia ainda que redes sem fio são o futuro e resultam em diversos benefícios, entre eles a redução de custos e preservação de investimentos.  “São rapidamente instaladas, com baixo custo de manutenção e em caso de mudança, os equipamentos são facilmente remanejados”, diz.



Mais Notícias RTI



O avanço das Redes Neutras no mercado de telecom e as soluções Precon para ISPs

Nos últimos anos, temos percebido que o segmento de redes ópticas vem se destacando de um modo muito acelerado e começa a fazer parte de um fenômeno mundial, conhecido como Economia Compartilhada.

29/11/2021


Tencent Cloud anuncia primeiro data center no Brasil

São Paulo foi a cidade escolhida pelo grupo chinês para atender o mercado latino-americano.

29/11/2021


Regulamento de bloqueadores de sinais é tema de consulta pública

Proposta permite que o uso de bloqueadores seja ampliado para portos e aeroportos, áreas de segurança pública ou militares, entre outros locais.

29/11/2021