O Ministério das Comunicações reconheceu como prioritário para o país o projeto da TIM para ampliar os investimentos em sua infraestrutura de telecomunicações. Assim, nos termos da Lei nº 12.431, de 24 de junho de 2011, a companhia poderá emitir debêntures incentivadas, em valores de até R$ 5,75 bilhões, para implantar, ampliar, manter, recuperar e modernizar a rede de transporte, a rede de acesso fixo e móvel, o data center, a rede de comunicação máquina a máquina, a rede 5G ou superior e a infraestrutura para virtualização de rede de telecomunicações.
Segundo a empresa, a aprovação do projeto pelo Ministério das Comunicações corrobora com o compromisso de ampliar suas redes no próximo triênio, objetivando soluções inovadoras e serviços ainda mais qualificados para os usuários. Reforça, ainda, a intenção de uso de novas tecnologias, a exemplo do 5G, que ajudarão a impulsionar o desenvolvimento tecnológico do país.



Mais Notícias RTI



O avanço das Redes Neutras no mercado de telecom e as soluções Precon para ISPs

Nos últimos anos, temos percebido que o segmento de redes ópticas vem se destacando de um modo muito acelerado e começa a fazer parte de um fenômeno mundial, conhecido como Economia Compartilhada.

29/11/2021


Tencent Cloud anuncia primeiro data center no Brasil

São Paulo foi a cidade escolhida pelo grupo chinês para atender o mercado latino-americano.

29/11/2021


Regulamento de bloqueadores de sinais é tema de consulta pública

Proposta permite que o uso de bloqueadores seja ampliado para portos e aeroportos, áreas de segurança pública ou militares, entre outros locais.

29/11/2021