A solução Furukawa para redes de comunicação em ambientes críticos, como indústrias de diversos segmentos, evoluiu e está incorporando tecnologias, aplicações e produtos, que em breve estarão disponíveis no mercado. Para acompanhar a evolução, novos produtos irão integrar esse portfólio, que está ganhando a marca Furukawa IoT for Industry System, ou FI²S.

“A inovação é um dos pilares da Furukawa que, mais uma vez, acompanha a mudança e as tendências do mercado e vem intensificando a adoção de tecnologias e aplicações de IoT -  Internet das Coisas”, explica Mariana Pauli Balan, coordenadora da área de engenharia de produto de energia e IoT da Furukawa. “A marca FI²S surge a partir do ajuste do nosso portfólio a essa tendência, a fim de acompanhar a transformação digital de vários segmentos de mercado como, por exemplo, a agroindústria”, acrescenta.

A mudança engloba uma série de lançamentos que a Furukawa irá realizar no decorrer de 2021, e que deverá expandir a atuação da empresa para novos mercados. “Com o sistema FI²S, estamos preparados para entregar uma solução adequada para as diferentes necessidades e requisitos de diversos segmentos do setor industrial, como siderurgia, mineração, petróleo e gás e manufatura em geral, e também para o agronegócio e ambientes críticos de hospitais”, enfatiza Mariana.

O objetivo é oferecer uma solução que permita reduzir riscos, tomar decisões assertivas e rápidas e, ainda, aprimorar as redes de comunicação com e sem fio. Para isso, a Furukawa aposta em três pilares: consultoria (suporte à operação com engenharia especializada, desde o pré-projeto até a pós-venda, com treinamento e suporte 24x7); confiabilidade, por meio de uma rede robusta que evita situações de instabilidade; e inteligência, por intermédio de um portfólio adequado de soluções e produtos preparados para suportar as novas aplicações.



Mais Notícias RTI



Silica Networks anuncia projeto de cabo submarino de 1026 km até a Antártica

Filiais do Brasil, Argentina e Chile participam do estudo do projeto que liga o extremo sul do continente ao Polo Sul.

19/04/2021


Sanepar estuda compartilhamento de rede de esgoto com fibra óptica

Ideia é aproveitar a capilaridade dos 38.464 km de tubulação no Paraná.

19/04/2021


Comba Telecom desenvolve solução Open-RAN multibanda e multi-RAT

Plataforma destina-se a frequências de 1800 e 2100 MHz.

19/04/2021