O Itaú Unibanco Holding selecionou a AWS como seu provedor estratégico de nuvem de longo prazo para acelerar sua transformação digital e melhorar a experiência bancária de seus 56 milhões de clientes em todo o mundo. Como parte do acordo de 10 anos, o Itaú Unibanco vai migrar a maior parcela de sua infraestrutura de TI dos mainframes e de seus data centers para a nuvem. 

O Itaú Unibanco também levará suas principais plataformas bancárias, soluções de call center, aplicativos bancários on-line e móveis para a AWS, criando uma arquitetura tecnológica mais flexível e eficiente que ajudará o banco a introduzir novos serviços para o cliente de forma mais rápida e com menores custos operacionais.  Além disso, o banco aproveitará a infraestrutura da AWS e a amplitude dos serviços, incluindo analytics, machine learning, serverless, contêineres, banco de dados gerenciado, processamento, armazenamento e segurança, para captura de informação e insights que permitam o desenvolvimento de novas linhas de negócios e aplicativos com segurança e dentro da conformidade regulatória. O banco também planeja capacitar milhares de seus colaboradores, além dos 1300 profissionais já treinados em tecnologias avançadas em nuvem, para estimular e acelerar a inovação. 

A instituição está expandindo o uso do amplo portfólio de recursos da AWS em todas as linhas de negócios bancários, cartões de crédito e seguros, bem como em todas as suas subsidiárias, como a Rede, uma das maiores provedoras de soluções de pagamento eletrônico do Brasil. O Itaú Unibanco utiliza a Amazon Elastic Compute Cloud (Amazon EC2) para fornecer capacidade de computação segura e escalável para o Pix, a primeira plataforma nacional de pagamento instantâneo digital do Brasil que ajuda a reduzir a dependência de transações baseadas em dinheiro e cartão de crédito. 

Da mesma forma, o Itaú Unibanco utiliza o Amazon Elastic Container Service (Amazon ECS) e o AWS Lambda (serviço de computação serverless da AWS), para lançar e escalar novas ofertas de serviços financeiros, incluindo o iti, plataforma de conta digital gratuita do banco que permite aos usuários digitalizar QR codes para pagar de forma fácil e segura produtos e serviços, além de transferir fundos.

 


Mais Notícias RTI



Silica Networks anuncia projeto de cabo submarino de 1026 km até a Antártica

Filiais do Brasil, Argentina e Chile participam do estudo do projeto que liga o extremo sul do continente ao Polo Sul.

19/04/2021


Sanepar estuda compartilhamento de rede de esgoto com fibra óptica

Ideia é aproveitar a capilaridade dos 38.464 km de tubulação no Paraná.

19/04/2021


Comba Telecom desenvolve solução Open-RAN multibanda e multi-RAT

Plataforma destina-se a frequências de 1800 e 2100 MHz.

19/04/2021