Uma pesquisa realizada nos Estados Unidos e divulgada pela Axis Communications mostra como empresas que instalam sistemas de segurança e seus clientes estão respondendo ao impacto da pandemia. O levantamento com 455 profissionais dos segmentos de educação, governo, varejo, saúde, transporte, hotéis, estádios e governo mostrou que, passada a crise da Covid-19, os clientes finais estariam mais dispostos a explorar soluções baseadas em IP (58%), e haveria aceleração na receptividade à IA – Inteligência Artificial (45%). 

O levantamento aponta que, apesar das restrições, 70% dos integradores permaneceram na linha de frente, oferecendo suporte para usuários finais que buscavam soluções de monitoramento remoto que diminuem a necessidade de contato físico (49%); controle de acesso remoto (49%); análise inteligente de multidões (35%); e soluções de monitoramento térmico para áreas com alto fluxo de pessoas (32%).

O estudo ainda mostrou que, para enfrentar os desafios da Covid-19 e oferecer suporte a novas operações remotas, 28% dos líderes de negócios de segurança disseram ter investido na transformação digital de fluxos de trabalho. Para Fredrik Nilsson, vice-presidente para as Américas da Axis Communications, os resultados demonstraram que, embora ainda haja incerteza sobre a evolução dos negócios, a abordagem estratégica de adoção e integração de tecnologia foram e serão fundamentais para a consolidação da indústria de segurança no pós-pandemia. A pesquisa completa, em inglês, pode ser consultada pelo link: https://bit.ly/3lheNUQ.



Mais Notícias RTI



Intelbras anuncia aquisição da catarinense Khomp

Empresa está investindo R$ 460 milhões para acelerar expansão nos próximos 18 meses.

12/04/2021


Link Cariri quer formar times de mulheres para instalação de fibra em campo

Serviços incluem suporte técnico e fusão de fibra.

12/04/2021


Lumiun desenvolve filtro de DNS para provedor em modelo SVA

Provedor pode oferecer ao assinante controle de acesso à Internet com benefícios fiscais.

12/04/2021