A Ascenty, companhia especializada em colocation, anunciou a inuaguração do data center Chile 1, em Santiago, a primeira unidade da empresa a entrar em operação fora do Brasil. No total, a Ascenty possui 22 data centers no Brasil, Chile e México, sendo 16 em operação e seis em construção.

O data center chileno tem área de 6000 m² e possui 11 mW de capacidade total de energia. No mesmo terreno, já está em construção um segundo data center, com 21.000 m² e 35 mW e inauguração prevista no primeiro semestre de 2021. Ao todo, o investimento para a construção das duas unidades é de US$ 270 milhões.

O novo data center tem classificação Tier III e possui sistema de distribuição tri-bus que permite aos geradores uma autonomia de mais de 48 horas sem abastecimento. Além disso, conta com sistema de refrigeração de alto desempenho, operando nos corredores técnicos laterais com redundância. Já no quesito segurança física, o monitoramento é ininterrupto por 24 horas nos sete dias da semana, com detecção automática de movimento e equipe de segurança.

“A América Latina é uma região promissora para a expansão da Ascenty e o início das operações no Chile é um marco desse projeto de crescimento”, afirma Chris Torto, CEO e fundador da Ascenty. “A consolidação dessa estratégia de liderança virá com a inauguração de mais três novas instalações na região no ano que vem, outra no Chile e mais duas no México, além do amadurecimento do planejamento de nossa entrada em outros mercados que podem impulsionar oportunidades de negócio, como, por exemplo, a Colômbia”, finaliza.



Mais Notícias RTI



Silica Networks anuncia projeto de cabo submarino de 1026 km até a Antártica

Filiais do Brasil, Argentina e Chile participam do estudo do projeto que liga o extremo sul do continente ao Polo Sul.

19/04/2021


Sanepar estuda compartilhamento de rede de esgoto com fibra óptica

Ideia é aproveitar a capilaridade dos 38.464 km de tubulação no Paraná.

19/04/2021


Comba Telecom desenvolve solução Open-RAN multibanda e multi-RAT

Plataforma destina-se a frequências de 1800 e 2100 MHz.

19/04/2021