É possível reduzir os custos de logística para os clientes com maior atuação local, ou seja, tratar o resíduo na sua origem, sem a necessidade de grandes deslocamentos dos resíduos, através da atuação em rede.

Esta é a proposta da Circular Brain, de São Paulo, uma startup de tecnologia e soluções digitais criada para capacitar empresas do segmento por meio de uma rede colaborativa que aproxima e traz oportunidades de negócios para os recicladores/destinadores e geradores de resíduos eletrônicos.

As negociações são feitas por meio da Think Circular, uma plataforma online que funciona como se fosse um único processador ambiental (manufatura reversa, recondicionamento e reciclagem) com unidades em todo o país. “Assim, toda a rede estará à disposição dos parceiros, multiplicando sua capacidade operacional e geográfica”, diz o Marcus William Oliveira, CIO da Circular Brain. Segundo ele, trata-se da primeira plataforma do mundo a reunir soluções digitais como logística reversa (pós-venda e pós-consumo), segurança da informação, reúso, reciclagem e disposição final de produtos complexos. Tudo é desenvolvido sobre um algoritmo de rastreabilidade que centraliza as informações dos fluxos dos produtos e materiais, gerando assim de forma inteligente e automatizada relatórios para comunicação de stakeholders, centralizados em um portal para solicitação de coletas e acompanhamento dos processos de descarte.

“Cada peer é beneficiado com serviços e melhores oportunidades comerciais”, diz. O modelo de negócio da Circular Brain, oferecido para recicladores no Brasil, gera uma taxa de retorno sobre o investimento que pode superar 30 vezes em sete anos. Estima-se que mais de 10 mil toneladas de resíduos de equipamentos eletroeletrônicos serão processadas pela operação parceira da Circular Brain em um prazo de cinco anos.

 



Mais Notícias RTI



O avanço das Redes Neutras no mercado de telecom e as soluções Precon para ISPs

Nos últimos anos, temos percebido que o segmento de redes ópticas vem se destacando de um modo muito acelerado e começa a fazer parte de um fenômeno mundial, conhecido como Economia Compartilhada.

29/11/2021


Tencent Cloud anuncia primeiro data center no Brasil

São Paulo foi a cidade escolhida pelo grupo chinês para atender o mercado latino-americano.

29/11/2021


Regulamento de bloqueadores de sinais é tema de consulta pública

Proposta permite que o uso de bloqueadores seja ampliado para portos e aeroportos, áreas de segurança pública ou militares, entre outros locais.

29/11/2021