A Watch Brasil, plataforma de vídeo sob demanda que tem em seu portfólio filmes e séries de estúdios de Hollywood, anuncia parceria com a Medialand, produtora independente do Brasil, focada 100% em criação e produção de conteúdo audiovisual. Com 40 séries no seu portfólio, a parceria ampliará em mais de 400 horas de conteúdo o catálogo de séries da Watch Brasil, que estarão disponíveis para o consumidor a partir de outubro de 2020.

“Estamos muito felizes com a entrada da Medialand em nossa plataforma. Sempre quisemos ter uma presença forte de produção nacional e, mais do que isso, representa para nós uma grande diversificação e ampliação em nosso mix de conteúdo. A Medialand é especialista em gêneros documentários do Brasil, séries históricas, investigações criminais, conteúdo sobre o dia a dia de policiais, bombeiros e médicos, que contam muito sobre a história do país”, afirma Maurício Almeida, sócio-fundador da Watch Brasil.

Para a diretora da Medialand, Carla Albuquerque, a parceria é muito importante para levar o conteúdo ao consumidor. “Estar em streamings como o da Watch Brasil nos ajuda a chegar com muito mais rapidez à audiência que buscamos. Vamos ter títulos que ficarão no streaming com exclusividade por algum tempo, inicialmente três meses”, declara Carla. O portfólio de séries estará disponível a partir de outubro no catálogo da Watch Brasil. Entre os sucessos, está o Investigação Criminal, série em formato de documentário, que conta passo a passo como foi a investigação de grandes crimes, histórias reais que pararam o país.

Lançada em outubro de 2018 e sediada em Curitiba, a Watch Brasil é uma plataforma de vídeo sob demanda, que oferece aos provedores de serviços de Internet a possibilidade de fornecer assinatura de séries e filmes  de variados estúdios, incluindo os de Hollywood, além de aluguel de filmes recém-lançados na plataforma. A versão 2.0, lançada em 2020, é um marketplace de conteúdo agregado com aplicativos diferentes. A startup oferece mais de 4500 horas de conteúdo da Sony Pictures, Paramount+, MTV, Comedy Central, Noggin, Universal e Warner, entre outros.



Mais Notícias RTI



Silica Networks anuncia projeto de cabo submarino de 1026 km até a Antártica

Filiais do Brasil, Argentina e Chile participam do estudo do projeto que liga o extremo sul do continente ao Polo Sul.

19/04/2021


Sanepar estuda compartilhamento de rede de esgoto com fibra óptica

Ideia é aproveitar a capilaridade dos 38.464 km de tubulação no Paraná.

19/04/2021


Comba Telecom desenvolve solução Open-RAN multibanda e multi-RAT

Plataforma destina-se a frequências de 1800 e 2100 MHz.

19/04/2021